Stephen King ajuda crianças a publicarem livro inspirado pela pandemia de Covid-19

A fundação do autor doou US$ 6,5 mil para ajudar os alunos da escola primária do Maine

Ryan Reed | Rolling Stone EUA. Tradução: Mariana Rodrigues | @marigues_ (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 10/02/2021, às 17h14

None
Evan Agostini/ Invision/AP

Stephen King ajudou um grupo de jovens escritores a publicar um livro. Segundo The Associated Press, a fundação nativa do Maine investiu US$ 6,5 mil em um manuscrito de 290 páginas escrito por estudantes do Programa de Estudos do Autor em Lewiston, na Escola Primária Farwell do Maine. (Os estudantes criaram uma vaquinha no Kickstarter para arrecadar o dinheiro, mas a Fundação Stephen e Tabitha ofereceu ajuda após descobrir sobre o projeto.)

Os estudantes criaram uma abordagem única para a narrativa, começando com o livro de 2016 de Gary Savage, Fletcher McKenzie and the Passage to Whole (em tradução livre: Fletcher McKenzie e a Passagem para o Todo), - sobre um adolescente de 14 anos do oeste do Maine - no qual adaptaram para incluir suas próprias experiências de vida durante a pandemia do Covid-19.

+++ LEIA MAIS: Stephen King morreu apenas uma vez em um filme de terror; relembre

Diretora da escola, Amanda Winslow, contou à AP sobre estar orgulhosa dos alunos, agradecendo tanto a Savage, conselheira dos escritores, quanto a bibliotecária Kathy Martin.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Recentemente, King elogiou antecipadamente o novo livro de Hunter Biden, Beautiful Things (em tradução livre: Coisas Bonitas), com lançamento previsto para 6 de abril deste ano. O mestre do terror descreveu a obra, sobre a contínua luta de Biden contra o abuso de substâncias, como um “livro de memórias angustiante e viciante” provando como “qualquer um - mesmo o filho do presidente dos Estados Unidos - pode dar uma volta no cavalo rosa pelo beco dos pesadelos.”

Em dezembro de 2020, CBS All Access lançou sua série limitada do remake de 1979 do romance pós-apocalíptico de King, A Dança da Morte. O autor escreveu a última parte do programa de 10 episódios, com estreia prevista para 11 de fevereiro.

+++ LEIA MAIS: A incrível história de como Stephen King jogou no lixo a história de Carrie, a Estranha e foi salvo pela esposa

Além disso, King se prepara para lançar um novo romance policial, Later (em tradução livre: Mais Tarde) em 2 de março. A sinopse da Amazon diz: “Filho de uma mãe solteira batalhadora, Jamie Conklin apenas quer ter uma infância comum. Mas Jamie não é uma criança comum. Nascido com uma habilidade incomum, sobre a qual sua mãe pede para manter em segredo, Jamie consegue ver o invisível e aprender o que ninguém mais consegue aprender. Mas o preço dessa habilidade é alto demais - como ele descobre quando uma detetive do departamento de polícia de Nova York atrai ele para a busca de um assassino cuja ameaças vão além do túmulo.”

+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL