Tommy Lee, do Motley Crue, comenta momento bizarro de Trump com a bandeira dos EUA: 'Que diabos há de errado com você?"

O baterista compartilhou um vídeo em que Jimmy Kimmel diz que Trump “abusou sexualmente" da bandeira norte-americana

Redação Publicado em 04/03/2020, às 10h57

None
Donald Trump (Reprodução/Youtube)

Donald Trump se diz apaixonado pela bandeira dos Estados Unidos (e pelo país) e não tenta esconder isso dos possíveis eleitores dele.

Em um evento recente de partidos conservadores, ele abraçou e beijou uma bandeira dos Estados Unidos de um jeito bem estranho. A cena bizarra deixou Tommy Lee, baterista do Motley Crue, sem entender “o que há de errado” com o presidente.

Durante aparição no Conservative Political Action Conference de 2020, que ocorreu no fim de fevereiro, Donald Trump abraçou uma bandeira dos Estados Unidos que estava em um mastro, e disse: “Eu te amo, eu te amo, neném” repetidas vezes antes de beijar o símbolo máximo de seu país.

+++ LEIA MAIS: Discurso de Donald Trump ganha versão musical inspirada em The Smiths e Ramones; ouça

A cena se tornou assunto no programa do apresentador Jimmy Kimmel, no qual ele disse que Donald Trump “abusou sexualmente da bandeira americana mais uma vez”.

Tommy Lee compartilhou o vídeo com a fala de Kimmel e deixou um questionamento sobre Trump: “O que diabos há de errado com você, cara?”, escreveu nas redes sociais.

Postagem de Lee sobre Donald Trump (Reprodução/Instagram)

 


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'