Descendents se posiciona após ex-integrante de grupo extremista usar camiseta da banda

Ex-integrante do grupo envolvido no ataque à Capitólio em janeiro nos EUA, veste camiseta do Descendents; fãs apontam contradição

Redação Publicado em 13/07/2022, às 16h41

None
Capa do álbum 9th & Walnut. (Foto: Reprodução)

A banda Descendents se pronunciou ao se deparar com o ex-integrante Jason Van Tatenhove da Oath Keeper, grupo militar de extrema direita, vestindo uma camiseta da banda.

Jason Van testemunhava ontem na Câmara dos Estados Unidos para a investigação do ataque em Capitólio, centro legislativo dos EUA. A invasão ocorreu em janeiro de 2021 quando o ex-presidente Trump perdeu as eleições e dois grupos de milícia tentaram evitar a vitória de Joe Biden nas eleições. O ataque deixou cinco mortos. (via G1)

+++LEIA MAIS: Rage Against the Machine: Fãs ficam chocados ao descobrirem que a banda fala de política

“Passei alguns anos com os Oath Keepers e posso dizer que eles podem não gostar de se chamar de milícia, mas são," disse o ex-integrante como testemunha.

No vídeo compartilhado pelo site Now This, Van Tatenhove usava uma camiseta com a capa de Everything Sucks álbum da banda de 1996. O grupo punk hardcore californiano é conhecido por canções políticas como "Merican" que critica a escravidão, a Ku Klux Klan e a Guerra do Vietnã e muitos apontaram conflitos com as visões extremistas dos Oath Keepers. (via NME)

Os Descendents foram ao Twitter se posicionaram sobre a contradição.

Nós repudiamos completamente grupos como os Oath Keepers e de forma alguma toleramos sua ideologia odiosa.


Descendents

A banda de punk rock, formada em 1977, lançou seu oitavo álbum de estúdio 9th & Walnut no ano passado com alguns dos seus primeiros materiais escritos. As canções começaram a ser gravados ainda em 2002 e reúne composições feitas entre 1977 e 1980.

Apesar de terem entrado em estúdio para gravar esse material há quase 20 anos, o disco nunca saiu do papel e, em 2008 o guitarrista Frank Navetta — responsável por parte das composições — faleceu e o projeto foi engavetado e lançado em 2021.