Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Por que Hayley Atwell ficou 'frustrada' com participação em Doutor Estranho 2?

Hayley Atwell reprisou papel de Peggy Carter em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (2022), mas participação foi pequena

Redação Publicado em 15/07/2023, às 15h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Hayley Atwell em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (Foto: Reprodução/Marvel Studios)
Hayley Atwell em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (Foto: Reprodução/Marvel Studios)

Atriz que esteve no começo do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), Hayley Atwell reprisou o papel de Peggy Carter, a qual apareceu pela primeira vez em Capitão América: O Primeiro Vingador (2011), em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (2022), mas ela ficou "frustrada" com a participação.

Na trama do filme estrelado por Benedict Cumberbatch e dirigido por Sam Raimi, Atwell aparece em uma cena como parte de uma equipe do multiverso. Ela era uma Peggy alternativa, que virou Capitã Carter após a morte de Steve Rogers, e começou a salvar o mundo ao lado de Mordo (Chiwetel Ejiofor), Charles Xavier (Patrick Stewart), Reed Richard/Senhor Fantástico (John Krasinski), Raio Negro (Anson Mount) e Maria Rambeau/Capitã Marvel (Lashana Lynch).

+++LEIA MAIS: Capitão América: Por que audição de Hayley Atwell como Peggy levou pessoas às lágrimas?

Durante entrevista ao podcast Happy Sad Confused, a atriz revelou como ficou bastante frustrada por conta da morte abrupta da Capitã Carter, que teve uma participação bastante reduzida em Doutor Estranho 2.

"Eu fiquei tipo: 'Essa não foi minha escolha!' Quando [minha personagem] disse: 'Eu poderia fazer isso o dia todo' e depois ela foi imediatamente cortada ao meio por um frisbee," afirmou Hayley Atwell. "E o público dizendo: 'Ela não pode fazer isso o dia todo. Aparentemente você não pode, então, ovo na sua cara.' Isso realmente não serve muito bem a Peggy."

Eu senti que tinha muito mais a fazer em What If…?. Quero dizer, qualquer ator dirá a você, poder entrar em uma cabine efetivamente de pijama e fazer uma animação é muito divertido porque você está focado na voz como instrumento e sua principal ferramenta performativa… parecia um momento frustrante em Doutor Estranho.

+++LEIA MAIS: Hayley Atwell responde rumores de namoro com Tom Cruise: 'Sujos e invasivos'
+++LEIA MAIS: Doutor Estranho 2: Elizabeth Olsen não conheceu John Krasinski no set; entenda