Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Quentin Tarantino elege o melhor 007; saiba quem é

Em entrevista, Quentin Tarantino quis apenas fazer o top 3 de melhores 007 do cinema - e ignorou o restante

Redação Publicado em 09/11/2022, às 14h56

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer/ Invision/AP), Daniel Craig como James Bond (Foto: Divulgação) e Sean Connery como 007 (Foto: Divulgação)
Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer/ Invision/AP), Daniel Craig como James Bond (Foto: Divulgação) e Sean Connery como 007 (Foto: Divulgação)

Com 60 anos de existência nos cinemas, James Bond é uma das maiores franquias da história da cultura pop, e teve diversos atores no papel principal, entre eles Daniel Craig e Sean Connery. Agora, Quentin Tarantino, diretor de renome em Hollywood, revelou qual o melhor 007para ele.

Durante entrevista à Empire, o icônico cineasta foi convidado a fazer um ranking com cada protagonista de 007, do pior ao melhor. No entanto, ele não se importou muito em elencar todos os atores, mas deixou claro qual é o top 3 dele. "Sean Connery, Pierce Brosnan, depois, um pouco abaixo dele, Roger Moore. E então todo mundo," afirmou.

+++LEIA MAIS: 7 filmes mais 'perfeitos' de Hollywood, segundo Quentin Tarantino [LISTA]

"Connery está no topo, mas eu realmente gosto de Pierce Brosnan. Eu não ligava para os filmes em que eles o colocavam, o que sempre achei uma tragédia, porque achava que ele era um Bond muito legítimo," continuou Tarantino. "Sou um grande fã de Roger Moore – eu gosto dele um pouco mais quando ele não interpreta Bond."


Quentin Tarantino faria filme da Marvel? Diretor responde

Um dos principais diretores da atualidade, Quentin Tarantino é conhecido pelos filmes repletos de personagens excêntricos e diálogos mirabolantes. Até hoje, ele comandou nenhum filme de herói, gênero que domina a indústria cinematográfica, seja da Marvel ou DC - e isso deve se manter para sempre.

+++LEIA MAIS: Kill Bill: Por que Michelle Yeoh não está em filme de Tarantino?

Durante entrevista ao Los Angeles Times, o diretor foi perguntado sobre o motivo de ter feito nenhum trabalho em franquias de super-heróis. "Você precisa ser contratado para fazer essas coisas. Não sou contratado. Não estou procurando emprego."

Além disso, Tarantino relembrou como os autores pioneiros de Nova Hollywood se alegraram quando os musicais de estúdio entraram em declínio nos anos 1960. Em seguida, o cineasta também explicou como os diretores de hoje "mal podem esperar pelo dia em que possam dizer isso sobre filmes de super-heróis." Porém, ele não acha que essa queda acontecerá tão cedo.

A analogia funciona porque é um estrangulamento semelhante.

+++LEIA MAIS:

"A escrita ainda não está bem definida, do jeito que estava em 1969, quando era: 'Oh, meu Deus, nós acabamos de colocar um monte de dinheiro em coisas que ninguém dá a mínima mais,'" continuou o diretor na conversa.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!