Como a pandemia afetou as filmagens do revival de Dexter?

Dexter: New Blood precisou se adaptar devido à pandemia de Covid-19

Redação Publicado em 29/07/2021, às 12h54

None
Dexter (Foto: Reprodução/Showtime)

Após o fim decepcionante e controverso para muitos fãs de Dexter, Dexter Morgan (Michael C. Hall) retorna para um revival depois de uma década do término da série. Dexter: New Blood tem estreia prevista para novembro de 2021 no Showtime

A série foi filmada no início de 2021 e, devido à pandemia, precisou seguir todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19. Com isso, Dexter Morgan está de volta, mas não conseguiu fazer tudo o que faria em tempos normais, segundo informações do Cheat Sheet.

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre o revival de Dexter: elenco, teaser, sinopse e mais [LISTA] 

Clyde Phillips, produtor executivo do revival, participou de um painel da Comic-Con San Diego para Dexter: New Blood. Nela, Phillips discutiu as filmagens durante a pandemia, além de revelar as alterações para se adaptar à situação.

Dexter: New Bloodé ambientada em uma pequena cidade. Phillips e o produtor executivo Scott Reynolds discutiram alguns dos detalhes da história do protagonista, quem se mudou para Iron Lake, Nova York, uma cidade de apenas 2.700 habitantes. No entanto, ainda não é viável filmar uma cena com segurança em 2021 com muitas pessoas em um mesmo espaço. 

+++LEIA MAIS: Fãs acreditam ter ‘desvendado’ a história do reboot de Dexter; entenda

"Houve algumas cenas de multidão que tivemos que reescrever. Por exemplo, houve uma grande cena de igreja de Natal que tivemos que reescrever porque não podíamos colocar tantas pessoas na mesma sala ao mesmo tempo, e algumas outras cenas que surgirão conforme as pessoas assistem à série. Na maior parte do tempo, temos sido cautelosos e relativamente não impactados porque temos sido muito cuidadosos," revelou Philipps

Os diretores também tiveram que adaptar outras questões por conta das recomendações de segurança: "Isso afetou os roteiros apenas ligeiramente. Pode ter impactado um pouco os diretores, porque às vezes gostaríamos de fazer uma cena com duas câmeras. Isso coloca muitas pessoas em uma sala e não podemos fazer isso. Isso atrasa as coisas ou torna as coisas mais difíceis," disse o produtor.

+++LEIA MAIS: Qual série teve o final mais decepcionante da história? Fãs respondem

Por fim, Clyde Phillips completou: "Na maioria das vezes, fazemos o teste todos os dias. Acho que estamos todos vacinados. Nós somos testados todos os dias. Também temos monitores no set, monitores humanos vestindo coletes amarelos que nos dizem que você está muito perto um do outro. Qualquer pessoa que não seja ator tem que usar uma máscara e temos diferentes zonas em que entramos."

+++LEIA MAIS: Dexter: Michael C. Hall afirma que reboot irá melhorar final insatisfatório da série


+++ 15 ANOS DE GISELE BÜNDCHEN NA CAPA DA ROLLING STONE BRASIL | ENTREVISTA