Oasis: 5 coisas que você precisa saber sobre o documentário Oasis Knebworth 1996 [LISTA]

Dirigido por Jake Scott, filho de Ridley Scott, Oasis Knebworth 1996 conta história de shows icônicos da banda

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 27/09/2021, às 12h04

None
Oasis (Foto: Divulgação)

Oasis ganhou documentário em 2021 intitulado Oasis Knebworth 1996, dirigido por Jake Scott, filho de Ridley Scott. A produção terá foco nos dois icônicos shows da banda em Knebworth, considerados o auge das carreiras de Liam Gallagher, Noel Gallagher, Bonehead, Guigsy e Alan White, segundo NME.

Nas apresentações, cerca de 250.000 fãs apaixonados lotaram o parque de Hertfordshire 25 anos atrás. O documentário conta a história dos shows lendários por meio do ponto de vista dos integrantes da banda e fãs presentes no local, com extensas e inéditas filmagens de arquivo.

+++LEIA MAIS: Noel Gallagher esquece letras de música com frequência nos shows: 'Às vezes tenho que inventar uma m*rda'

O NME conversou com Scott para ouvir detalhes interessantes sobre Oasis Knebworth 1996. Veja cinco coisas que você precisa saber sobre o documentário:


"Wonderwall" quase ficou fora

Parece mentira, mas Scott teve bastante dificuldade em encontrar espaço para um dos hits mais icônicos do Oasis: "Em determinado momento, nem estava lá. Decidimos como cobrir os dois dias no início da edição. Pensamos como, em vez de misturar os destaques das duas noites, faríamos uma experiência de todo o fim de semana [do início ao fim], onde você ouve músicas diferentes de noites diferentes e há uma pausa no meio."

+++LEIA MAIS: Tony McCarroll, ex-Oasis, é hospitalizado após sofrer ataque cardíaco

"Mas escolher as músicas foi um processo. Eles tocam 'Columbia' e você quer como abertura. Mas você precisa encaixar tudo ao redor. E então o grande problema é onde entra 'Wonderwall'? Nós realmente agonizamos sobre onde colocar isso," adicionou o diretor sobre a dúvida.


Passagem de som após noite grande e intensa

A história dos shows é contada com arquivo de vídeo de todos os ângulos. Há até uma perspectiva em primeira pessoa de ônibus levando fãs para o terreno da Knebworth House. Nesse momento, o espectador é presenteado com imagens de Liam Gallagher correndo em um carrinho de golfe nos bastidores.

+++LEIA MAIS: Jade Thirlwall, do Little Mix, critica Noel Gallagher: 'Nem sequer é o artista mais bem sucedido da família'

"Segundo o próprio Noel, tiveram uma grande noite na noite anterior e ficaram acordados até seis da manhã," revelou Jake Scott. "Você pode ver [na câmera] como eles estão um pouco estranhos, Liam derruba cerveja e estão definitivamente de ressaca. Em seguida, simplesmente tocam aquela faixa - 'It's Gettin' Better (Man!!).'"


Liam Gallagher não está tão envolvido quanto os fãs gostariam

Como NME explicou, Liam Gallagher é uma grande presença no palco no documentário, mas ao contrário dos narradores, Noel e Bonehead, o músico não concede entrevistas. "Honestamente, foi apenas a preferência pessoal de Liam," comentou o diretor. "Ele sentiu como o filme falava por si."

+++LEIA MAIS: Oasis: estreia, trailer, 'reunião' dos irmãos Gallagher e tudo que você precisa saber sobre documentário da banda [LISTA]


Performance brilhante de "Champagne Supernova" por John Squire

Quando o integrante da The Stone Roses apareceu no palco para uma versão impressionante de '(What’s The Story) Morning Glory?', a multidão enlouqueceu. "É cegante. Absolutamente cegante. É rock and roll no melhor absoluto aquela performance de ‘Champagne Supernova’ e isso restaura sua fé nas bandas de guitarra," opinou Scott.


Coração de Liam Gallagher

Em um ponto do filme, um fã chama Liam Gallagher e pede o pandeiro no meio do show. O músico responde e promete como concederia o desejo ao final. Como dito, o vocalista saltou e entregou. "Liam passou por um momento muito difícil [com os tabloides]. Mas para ele escolher um fã pedindo um instrumento ao vivo e ele se lembrar daquele garoto, há algo especial sobre isso e acho isso muito adorável," finalizou o cineasta.

+++LEIA MAIS: Oasis: Diretor de documentário acredita que banda irá se reunir novamente