4 fatos para prestar atenção no 1º episódio de Umbrella Academy, de acordo com site

A 2ª temporada da série chega na Netflix no dia 31 de julho

Redação Publicado em 19/06/2020, às 18h00

None
The Umbrella Academy (Foto: Reprodução / Netflix)

A 2ª temporada de The Umbrella Academy chega na Netflix no dia 31 de julho. Enquanto esperamos pelos novos episódios para testar as nossas teorias, é ideal relembrar o que ocorreu na primeira parte da série.

Como o Looper recorda, o episódio piloto da produção é repleto de detalhes que passaram despercebidos pelo público - e são bem importantes para a trama.

+++ LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Umbrella Academy 2: Estreia, enredo, elenco e mais

Por isso, o site separou alguns fatos que pouca gente notou, mas que são essenciais. Confira a lista:


Poderes de Vanya

O potencial dos poderes de Vanya foi mostrado de forma discreta no primeiro episódio. Em um dos flashbacks, Reginald aparece monitorando as crianças enquanto elas dormem com um sensor colado na cabeça. Enquanto a atividade cerebral das outras crianças está tranquila, a de Vanya está muito ativa.

Esse foi o primeiro vestígio de que tinha muita coisa acontecendo dentro da jovem.

+++LEIA MAIS: Qual o significado oculto por trás do nome The Umbrella Academy?


Missão na Torre Eiffel

Alguns momentos dos quadrinhos no qual a série foi baseada ficaram de fora da tela. No entanto, podemos ver referências a eles no cenário.

Na HQ, a primeira missão das crianças é investigar Torre Eiffel, que, na verdade é uma espaçonave alienígena controlada pelo criador Gustave Eiffel - um robô zumbi. Provavelmente como a cena seria difícil de criar, a série a deixou de fora.

No entanto, a produção não deixou de fazer uma homenagem a ela. No primeiro episódio, enquanto os personagens conversam, um jornal sobre a missão da Torre Eiffel aparece no fundo.

+++ LEIA MAIS: 6 perguntas que The Umbrella Academy precisa responder na segunda temporada pela Netflix [LISTA]


Livro de Vanya

O livro de Vanya é uma parte importante da narrativa e um nome escrito nele foi um achado: o de Gerald Way, vocalista e co-fundador do My Chemical Romance, além do próprio criador da HQ que inspirou a série. Na contracapa da obra, Way é uma das pessoas que elogia o trabalho da jovem.

+++ LEIA MAIS: Além de Umbrella Academy: 5 séries baseadas em HQs para maratonar na Netflix


Ben e Klaus

O público só consegue ver o Ben adulto porque Klaus tem o poder relacionado com a morte. No entanto, a forma como vemos Ben é diretamente ligada com o estado físico e mental do irmão.

Como sabemos, Klaus é viciado em drogas e isso limita os poderes dele. Por isso, quando vemos Ben pela primeira vez, o personagem morto aparece mais sombrio, com um capuz escondendo o rosto e com uma pronúncia difícil.

Quando Klaus começa a se recuperar e ficar longe das drogas, Ben aparece mais feliz e falante - evidenciando o potencial escondido dos poderes do irmão. 

+++ LEIA MAIS: Por que Reginald, de Umbrella Academy, só adotou 7 dos 43 bebês nascidos de repente?


+++ A PLAYLIST DO RUBEL