Acusado de mentir por Bolsonaro, Jornal Hoje reafirma crítica

No Twitter, o presidente da República acusou a Rede Globo de mentir sobre a conduta dele no evento Brasil vencendo a Covid

Redação Publicado em 26/08/2020, às 07h34

None
Jair Bolsonaro (Foto: Gabriela Bilo / Estadão Conteúdo / Agência Estado / AP Images)

Jair Bolsonaro acusou o Jornal Hoje de mentir sobre a conduta dele no evento Brasil vencendo a Covid na edição desta segunda-feira, 24. Como resposta, a apresentadora Maju Coutinho explicou o motivo da declaração e reafirmou a crítica ao presidente da República na terça-feira, 25. 

De acordo com informações do Uol, a jornalista falou que "nem Bolsonaro nem as autoridades do governo presentes [no Brasil vencendo a Covid] prestaram solidariedade às vítimas e aos familiares". 

+++ LEIA MAIS: 'Adoraria explorar a Amazônia com os EUA', oferece Bolsonaro a Al Gore, que não entende nada e vídeo viraliza; assista

No Twitter, Bolsonaro postou um vídeo com a fala de Maju e um trecho do evento em que todos presentes fazem um minuto de silêncio em homenagem às vítimas da doença. Junto com o clipe, ele escreveu: “A Globo, como sempre, mentindo a meu respeito”.

+++ LEIA MAIS: Datena rebate Bolsonaro e defende jornalistas: 'Bundão é o senhor'

No dia seguinte, o jornal respondeu a acusação do presidente e explicou que, de fato, todos presentes fizeram um minuto de silêncio, mas a iniciativa não partiu de nenhum integrante do governo. 

“Ontem, o JH noticiou que durante o evento 'Brasil vencendo a covid' nem o presidente Jair Bolsonaro, nem nenhuma autoridade do governo, prestou solidariedade às vítimas. Mas uma médica da Bahia, a doutora Raissa Soares, que não faz parte do governo, pediu um minuto de silêncio e o pedido foi respeitado por todos os presentes, inclusive o presidente."


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'