'Adoraria explorar a Amazônia com os EUA', oferece Bolsonaro a Al Gore, que não entende nada e vídeo viraliza; assista

O conversa entre os dois políticos foi registrada durante o Fórum Econômico Mundial de Davos, em 2019

Redação Publicado em 25/08/2020, às 09h31

None
Jair Bolsonaro (Foto: Gabriela Bilo / Estadão Conteúdo / Agência Estado / AP Images)

Jair Bolsonaro ganhou novamente repercussão nas redes sociais por causa de uma fala polêmica. Desta vez, o presidente da República afirmou que “adoraria explorar a Amazônia com os EUA” para Al Gore, ex-vice presidente de Bill Clinton e ecologista, que não entendeu o motivo de receber a proposta. 

A conversa entre os políticos aconteceu entre os eventos do Fórum Econômico Mundial de Davos, em 2019, e foi registrada pelo diretor Marcus Vetter para o documentário O Fórum, lançado na última quinta-feira, 20, nas plataformas de streaming brasileiras. 

Segundo a revista Fórum, foi a primeira vez em 50 anos que um cineasta teve permissão para gravar os bastidores do evento. 

+++ LEIA MAIS: Datena rebate Bolsonaro e defende jornalistas: 'Bundão é o senhor'

A convenção mundial reuniu líderes de diversos países e representantes de organizações ambientais, como o Greenpeace, além de marcar o início da trajetória de Greta Thunbergcomo ícone dos jovens ativistas. 

Em certo trecho do documentário, vemos Al Gore cumprimentar Bolsonaro e dizer: “Gostaria de conversar com o senhor sobre a Amazônia, é um assunto realmente muito importante para mim”. O presidente brasileiro responde: “Temos muita riqueza na Amazônia e eu adoraria explorar essa riqueza com os Estados Unidos”. Então, o ecologista parece confuso sobre a afirmação e fala: “Não estou certo se entendi bem”.

+++ LEIA MAIS: Gal Costa, Patrícia Pillar, Lucas Silveira e mais provocam Bolsonaro em onda na web: 'Por que sua esposa Michelle recebeu R$ 89 mil de Fabrício Queiroz?’

Segundo o colunista do UolLeonardo Sakamoto, esta não foi a última vez que Bolsonaro fez uma oferta para explorar a Amazônia. Mais tarde, o presidente propôs novamente o acordo para Donald Trump e o Japão. 

E este não é o único momento do longa-metragem que mostra a posição polêmica e criticada de Bolsonaro em relação à Amazônia. Jeniffer Morgan, líder do Greenpeace, chegou a parabenizar com ironia o trabalho do político brasileiro na região. Já Klaus Schwab, presidente e criador do fórum, afirmou: "É claro que me preocupo com o que ele disse não só sobre o meio ambiente".

Assista ao trailer de O Fórum:


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'