Pulse

Antes de segunda pausa, banda Toto toca clássico Africa com tecladista David Paich; assista

Toto encerrou a turnê 40 Trips Around the Sun na Filadélfia no último domingo, 20

Andy Greene, Rolling Stone EUA Publicado em 21/10/2019, às 19h21

None
Toto em 1983 (Foto : AP)

Na noite deste domingo, 20, Toto encerrou a turnê 40 Trips Around the Sun no Metropolitan Opera House, na Filadélfia. E, segundo o guitarrista Steve Lukather, essa será a última performance deles durante um bom tempo.

“Não sei como o futuro será, mas sei que esse será o último show na Filadélfia até um futuro próximo”, disse o músico em entrevista no começo no outubro para o jornal norte-americano The Morning Call. “E, certamente, será o fim dessa configuração do Toto.”

+++ LEIA MAIS: Africa, do Toto, toca sem parar em instalação feita na... África

Desde o ano passado, a banda tocou sem o tecladista David Paich por causa dos problemas de saúde dele. No entanto, além de fazer uma aparição surpresa em um show do grupo em setembro em Los Angeles, ele também voltou para o show na Filadélfia para tocar "Africa".

Paich co-escreveu o clássico de 1982 e liderou os versos, enquanto Bobby Kimball ficou responsável pelo refrão.

+++ LEIA MAIS: Rock in Rio 2019: Weezer faz show exemplar com covers de Nirvana, A-ha, Black Sabbath e Toto

O grupo foi bastante vago ao explicar o afastamento de Paich em 2018, mas Lukather explicou com detalhes a situação ao The Morning Call: “Foi realmente a coisa mais assustadora de todos os tempos. Paich teve algum tipo de convulsão ou algo assim [no ônibus durante uma turnê na Europa]. Nós fomos para a casa e ele teve que se aposentar da tour por causa da saúde”.

O músico continua e diz: “Aparentemente, ele se esforçou um pouco demais e caiu. Quer dizer, Dave ainda continua tocando. Ele consegue cantar. Ele está pronto e feliz, e está andando por aí, mas ele não é mais construído para ser veloz”.

+++ LEIA MAIS: Weezer faz show em SP com hits do passado e covers de Toto e Aha

Pode parecer um momento estranho para Totofazer uma longa pausa, considerando toda a atenção que “Africa” recebeu nos últimos dois anos - o que ajudou a banda a lotar locais em todo o mundo. Apesar disso, Lukather tem equilibrado seu papel na All Starr Band de Ringo Starr junto com o Totopor vários anos e ele agora está esgotado.

“Esse tipo de estilo de vida é muito mais difícil do que as pessoas pensam. Elas só acham que nós vamos de cidade a cidade como em um passe mágica e vivemos uma vida de luxo. E não estou dizendo que viajamos mal, mas é um fardo ficar longe da sua família 230 dias por ano, como eu fico”, disse Lukather.

+++ LEIA MAIS: Após campanha de fã no Twitter, Weezer solta cover de “Africa”, hit do Toto

O guitarrista ainda apontou os processos judiciais como uma das principais razões da decisão do Totode fazer uma pausa. Ele não entrou em detalhes, mas a viúva do baterista Jeff Porcaro processou a banda no último ano. Ela alegou que parte das royalties a qual tinha direito, estava sendo negada para ela.

A banda também enfrentou problemas legais com a antiga gravadora. “Tivemos alguns litígios horrendos. E, perdemos o processo. Então isso nos derrotou. Então, temos que fugir disso. Temos que fugir da coisa toda”, disse Lukather.

+++ LEIA MAIS: Mike Porcaro, baixista da banda Toto, morre aos 59 anos

Em uma declaração de 2008, o guitarrista anunciou ter terminado com Toto: “Honestamente, eu já tive o suficiente. Essa não é uma pausa. Acabou. Eu não posso mais sair e tocar ‘Hold The Line’ de forma séria”.

Mesmo com a declaração, dois anos depois ele estava de volta na entrada com Totoe “Hold The Line” estava na setlist toda a noite. Essas podem ser duas situações parecidas. Caso não seja, pelo menos eles tiveram a chance de tocar com Paich uma última vez.

Assista à apresentação: