Batalha entre Arya e Rei da Noite é explicada por diretor de Game of Thrones

Miguel Sapochnik dirigiu o terceiro episódio da última temporada de Game of Thrones

Redação Publicado em 14/08/2019, às 20h45

None
Maisie Williams em Game Of Thrones (Foto: Divulgação)

O final de Game of Thrones foi exibido em maio de 2019 e muitos fãs ainda estão com a dúvida: como Arya (Maisie Williams) conseguiu chegar até o Rei da Noite? Com a falta de respostas e explicações o público até criou uma petição para que os criadores do show refaçam o episódio da season finale - o que certamente não irá acontecer.

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones: HBO ignora petição para refazer última temporada

Agora, Miguel Sapochnik, diretor do episódio "The Long Night", compartilhou sobre as decisões de direção da cena polêmica entre Arya e o Rei da Noite.

A cena em questão mostra Arya passando despercebida pelo local cheio de caminhantes brancos. O público tem a mesma visão do Rei da Noite, ou seja, também não vê Arya se aproximando. Mesmo conseguindo matar o grande inimigo, não é claro os fãs ficaram sem entender como a herdeira dos Starks conseguiu atravessar o exército dos mortos e chegar perto do líder.

+++ LEIA MAIS: Criadores de Game of Thrones assinam contrato de exclusividade com a Netflix

“Eu questionei tudo e trabalhamos muito duro para encontrar o equilíbrio entre credibilidade versus a possibilidade atender aos pedidos,” disse Miguel Sapochnik em uma entrevista para a revista norte-americana The Hollywood Reporter.

O diretor conta que tinha o plano de fazer a personagem atravessar a floresta Weirwood, mas algumas cenas do começo do episódio já tinham mostrado a mesma travessia. Para Sapochnik, tudo ficaria repetido.

+++ LEIA MAIS: Game of Thrones: Roteiro final revela por que Drogon derreteu o Trono de Ferro

“No final, sentimos que não importava como ela [Arya] tinha chegado lá -- o que importava era montar aquele momento em que o Rei da Noite agarra ela no alto e achamos que ela está acabada, mas então Arya faz o truque com a faca e o mata,” completa Miguel Sapochnik.

O episódio da batalha é o mais longo de toda a série da HBO, com 82 minutos. Além disso, mesmo com críticas mistas, Game of Thrones foi indicado para 32 Emmys.

+++ LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019