Pulse

Coringa teve uma cena cortada por ser “insana demais” para um filme +18, conta diretor

O filme de Joaquin Phoenix tinha uma cena na banheira que, segundo o diretor Todd Phillips, era “não só pornográfica, mas insana”

Redação Publicado em 11/11/2019, às 08h41

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução Warner)

Coringa foi elogiado por ser um dos filmes de HQ mais pesados e violentos, mas segundo o diretor Todd Phillips, a cena mais perturbadora do longa foi deixada de fora do corte final. As informações são do portal We Got This Covered.

Phillipsparticipou do festival de cinema internacional de Santa Barbara, nos Estados Unidos, e elogiou em entrevistas a disposição de Joaquin Phoenix em tentar criar no set.

Joaquin estava sempre afim de tentar coisas novas. Alguns dias nós encerrávamos mais cedo para fazer um estudo sobre insônia no cenário do apartamento. Era uma coisa divertida - a geladeira [cena improvisada] saiu disso”, contou Phillips.

+++LEIA MAIS: Fã encontra menção improvável ao Batman no filme do Coringa; veja

O diretor então confessou que uma dessas cenas experimentais foi louca demais até para o Coringa: “Houve mais duas ou três cenas a mais que filmamos, uma delas era uma cena incrível na banheira, mas eu não acho que podemos incluir ela em um filme +18, não porque ela era pornográfica, mas era simplesmente insana demais.”

Phillips não explicou o que de fato aconteceu na cena da banheira, e deixou todos nós apenas na imaginação do que pode ter acontecido. Talvez devido a imensa popularidade do filme a sequência louca do personagem de Joaquin Phoenix chegue em uma edição estendida ou como um bônus.

+++LEIA MAIS: Coringa supera lucro de todos os filmes da Marvel e quebra mais um recorde

Enquanto isso, Coringa continua a quebrar recordes. Já tendo se tornado o filme de HQ mais lucrativo da história, a meta atual do longa é bater US$ 1 bilhão de faturamento, sendo que atualmente a marca se encontra nos US$ 984 milhões.