Criador de Breaking Bad revela finais alternativos e sombrios da série - e, sim, seria terrível; conheça

Quinta e última temporada da série foi ao ar em 2013

Redação Publicado em 20/04/2020, às 11h02

None
Breaking Bad (foto: Reprodução/AMC)

Breaking Bad, considerada por muitos como uma da melhor série de todos os tempos, teve cinco temporadas e foi ao ar entre 2008 e 2013. O final do seriado foi bastante criticado pelo público e crítica e é capaz de emocionar qualquer um. Mas a série poderia ter tido alguns encerramento alternativos - e pesados demais.

Em uma entrevista para um podcast da AMC, emissora da série, Vince Gilligan, showrunner e criador da série, falou sobre outros rumos que Breaking Bad poderia ter tomado. 

+++LEIA MAIS: Gunther de Friends nunca foi ator: 4 coisas que você não sabia sobre o personagem

Uma das ideias mais pesadas era Skyler cometer suicídio. "Conversamos sobre uma versão possível em que Skyler e Walt estavam escondidos em algum Motel 6 ou algum outro lugar", disse Gilligan. A cena se daria com ela "no banheiro e ele dizendo (do lado de fora): 'Vai ficar tudo bem, eu tenho um plano. Skyler?'... E ele finalmente abre a porta e ela está em uma banheira ensanguentada ou algo assim, tendo cortado um pulso... Era muito sombrio".

Ao ouvir a ideia de Gilligan, os roteiristas foram contra e - ainda bem - o executivo os escutou.

+++LEIA MAIS: Teoria bizarra diz que Rick e Morty são o mesmo personagem; entenda

Não para por aí. Gilligan tinha pensado em um destino fatal e terrível para Walt Jr. Tudo poderia acontecer se Jesse Pinkman fosse morto na primeira temporada, ideia original do showrunner. "Walt está tão cheio de raiva com o traficante que matou Jesse que ele está em busca de vingança", explicou.

Então, "Walt captura esse cara e o cloroforma, ou algo assim, e o instala em algum porão. Ele monta uma espingarda com uma corda (para ativá-la) para dar ao bandido a opção de se matar". E tudo piora, porque Heisenberg iria torturar o assassino de Jesse: "Ele começa a torturar esse cara dos pés para cima, tirando pedaços desse cara". Pelo menos, Gilligan admitiu que a ideia era "insana".

+++LEIA MAIS: Ator Nick Cordero tem a perna amputada durante a luta contra o covid-19

O executivo ainda continua: "Mas o cara pode parar a qualquer momento puxando o fio que está preso à espingarda. Isso continua por semanas e Walt está ficando cada vez mais perturbado".

Em um determinado momento de Breaking Bad, Walt Jr. descobriria o que o pai fazia com o traficante. O prisioneiro conseguiria segurar o filho de Walt e puxaria o fio da espingarda, matando os dois. Assim como a ideia sobre o final de Skyler, os roteiristas foram contra a ideia. "Todo mundo que eu falei sobre isso me disse que eu estava seriamente fod***".

+++LEIA MAIS: Morrissey lista as 13 músicas que inspiraram The Smiths

Mesmo com um final completamente diferente, Vince Gilligan gostou do resultado. "Tínhamos todas essas idéias que acabam basicamente com imagens no seu cérebro. O pior seria se eu estivesse dizendo tudo isso e as pessoas dissessem que teria sido muito melhor. Mas estou feliz com o que criamos. Foi difícil".


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA