Criador de The Office, Ricky Gervais diz que série seria criticada se fosse feita atualmente

O comediante diz que o mundo atual não aceitaria bem a comédia da produção britânica

Redação Publicado em 12/07/2020, às 16h00

None
The Office (foto: reprodução/ BBC Two)

Ricky Gervais, o comediante e co-criador da versão original de The Office , no Reino Unido, afirmou recentemente em uma entrevista que o programa não seria bem recebido no clima cultural de hoje.

"Atualmente [The Office] sofreria porque as pessoas levariam as piadas muito a sério... Era um show sobre tudo - era sobre diferença, era sobre sexo, raça, todas as coisas que as pessoas temem até serem discutidas ou comentadas agora, caso digam a coisa errada e sejam canceladas."

"Acho que, se a série fosse transmitida hoje, algumas pessoas perderam o senso de ironia e contexto", completou Gervais.

+++LEIA MAIS: Dwight e Angela eram 'almas gêmeas' em The Office? 5 vezes vezes em que o casal mostrou que sim

A série de TV britânica foi veiculada na rede BBC Two por duas temporadas, de 2001 a 2003. Gervais estrelou como David Brent, gerente impetuoso e imaturo de uma pequena empresa de papel.

A interpretação de Brent por Gervais em The Office subverteu o humor. Muitas vezes com comentários obscenos, racialmente insensíveis e descaradamente ignorantes, o personagem deveria ser "irônico, um bufão desconfortável com a diferença".

+++LEIA MAIS: Fã de The Office, Billie Eilish participa de podcast com Steve Carell sobre a série

O humor, argumenta Gervais, é rir de Brent e não com ele - uma técnica que, segundo o comediante, levantaria as sobrancelhas do público de hoje.

Apesar de críticas inicialmente negativas, o programa decolou como uma das comédias britânicas mais populares de todos os tempos, resultando em uma franquia internacional que inspirou uma versão americana igualmente bem-sucedida de The Office, se não mais.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO