Diretor de Thor, Taika Waititi interpreta Hitler em nova comédia com Scarlet Johansson; assista

Cineasta também assume direção e roteiro de nova produção

Redação Publicado em 24/07/2019, às 15h23

None
Taika Waititi, diretor de Thor, vive Adolf Hitler em JoJo Rabbit, nova produção

Nesta quinta, pouco depois de ser anunciado como uma parte oficial do Toronto International Film Festival de 2019, o primeiro trailer do novo filme de Taika WaititiJoJo Rabbitfoi lançado. O longa chega aos cinemas no dia 18 de Outubro. 

Descrito como uma “sátira da Segunda Guerra Mundial”, o filme mostra JoJo (Roman Griffin Davis eu seu primeiro papel principal), um garoto alemão solitário e excluído que entra na Juventude Hitlerista quando seu líder fascista ascende ao poder. Quando Jojo descobre que sua mãe (Scarlett Johansson) esconde uma garotinha judia (Thomasin McKenzie) no sótão, ele precisa confrontar suas crenças preconceituosas e nacionalistas e decidir de que lado da história ficará. 

+++ LEIA MAIS: Natalie Portman será a Thor no novo filme do Universo Cinematográfico da Marvel 

Além de dirigir e escrever o filme, Waititi também estrela como uma versão atrapalhada e “amigo imaginário de Adolf Hitler, que aparece nos devaneios de Jojo. No trailer, conforme Jojo lida com sua vida social ruim, Hitler graceja e dá de ombros: “deixe-os dizer o que quiserem! As pessoas diziam várias coisas ruins sobre mim, ‘ah, esse cara é um lunático, olha só aquele psicopata, vai acabar matando todos nós!” 

JoJo Rabbit é baseado no livro Caging Skies (Céus Engaiolados em tradução livre) de Christine Leunens. O elenco também conta com Rebel Wilson (A Escolha Perfeita), Stephen Merchant (Logan), Alfie Allen (Game of Thrones) e Sam Rockwell (Cowboy e Aliens). 

+++ LEIA MAIS: O que Kevin Feige planeja para a Fase 5 da Marvel?

No último final de semana na Comic Con San Diego, Waititi anunciou que ele também vai dirigir o longa da Disney/Marvel de 2021 Thor: Love and Thunder, uma continuação de seu trabalho de 2017 Thor: Ragnarok. Tessa Thompson revive seu papel de Valkyrie, nomeado “rei” de Asgard e sai à procura de uma rainha, tornando-se a primeira personagem abertamente LGBTQ+ do Universo Cinematográfico Marvel.


+++ SESSION ROLLING STONE: Francisco, El Hombre abre um diálogo sobre depressão com "Parafuso Solto :: Peso Morto"