Disco do AC/DC, Back in Black, alcança a marca de 25 milhões de vendas nos EUA

O álbum de 1980 é o sétimo da banda australiana

Redação Publicado em 10/12/2019, às 17h25

None
Capa de Back in Black (Foto: Divulgação)

O disco do AC/DC, Back in Black, alcançou a marca de 25 milhões de vendas certificadas nos EUA, de acordo com anúncio liberado pela Associação Americana da Indústria de Gravação na última sexta, 6. O álbum de 1980 é o sétimo da banda australiana e, com a nova conquista, ele garantiu 25 certificados de platina.

Ele é classificado como o segundo disco de rock mais vendido no mundo - com mais de 50 mil cópias -, ficando atrás apenas de Thrillerdo Michael Jackson

+++LEIA MAIS: Scorpions, AC/DC, Beyoncé e Rihanna: as músicas perfeitas para momentos mais picantes [LISTA]

O disco inclui músicas clássicas do grupo, como “Back in Black”, "Rock and Roll Ain't Noise Pollution", "Hells Bells", "Shoot to Thrill" e "You Shook Me All Night Long". Além disso, essa é a primeira vez que Brian Johnson aparece como vocalista - o que aconteceu após a morte de Bon Scott.

Depois de Back in Black, o AC/DC ainda lançou mais nove discos. O último, Rock or Bust, foi liberado em 2014. 

+++ LEIA MAIS: AC/DC "com certeza vai sair em turnê" com Brian Johnson, afirma radialista

No entanto, parece que a banda lançará um álbum novo em 2020. Nergal, o vocalista do Behemoth, contou a Loudwire em uma entrevista exclusiva sobre a reunião do AC/DC. Enquanto isso, o líder e vocalista do Twisted Sister, Dee Snider, também confirmou a notícia, e acrescentou que Phil Rudd também está de volta a banda

No final do último ano, os integrantes do AC/DC  foram vistos no estúdio Warehouse no Canadá, onde gravaram Rock or Bust. Muito provavelmentes as músicas do novo disco foram gravadas neste período.


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'