Eita: casamento de Jim e Pam em The Office quase resultou na morte de um cavalo; conheça

Ex-noivo de Pam tentaria estragar tudo

Redação Publicado em 10/06/2020, às 12h58

None
Casamento de Jim e Pam em The Office (Foto: Divulgação/ NBC)

Sem sombra de dúvidas, o casamento de Jim (John Krasinski) e Pam (Jenna Fischer), dividido em dois episódios, de The Office é um dos momentos mais queridos pelos fãs do seriado e um dos mais emocionantes. No entanto, os capítulos poderiam ter sido sombrios, porque um dos planos do roteirista era trazer a morte de um cavalo por causa de Dwight (Rainn Wilson), que ganharia o animal de Roy Anderson (Dave Denham), ex da noiva.

Como revelado por Randy Cordray, produtor da série, no livro The Office: The Untold Story of the Greatest Sitcom of the 2000s, tudo aconteceria quando Roy fosse tentar, da maneira mais bizarra possível impedir o casamento de Jim e Pam, situado nas Cataratas do Niágara, montado em um cavalo. O movimento não daria certo, então, o personagem, frustrado pelo fracasso, daria o animal para Dwight.

+++LEIA MAIS: Estrela de Grey’s Anatomy e Supergirl, Chyler Leigh se declara bissexual em carta e diz que perdeu amigos

"Dwight Schrute, cavaleiro e agricultor de beterraba que ele é, viria depois do casamento. Ele está andando do lado de fora da igreja e vê Roy desanimado, sentado no meio-fio, segurando as rédeas do cavalo. E ele diz: 'Muita sorte, amigo, isso não deu certo como você queria, certo?'", revelou Cordray.

Então, "Roy falaria: 'Não, e eu estou preso com este cavalo estúpido. Paguei pelo cavalo pelo resto do dia'. E Dwight diz: 'Ei, sou uma pessoa dos cavalos. Deixe-me cuidar disso'. Ele pega as rédeas e o leva ostensivamente de volta aos estábulos, mas Dwight de alguma forma se vê andando pelas margens das Cataratas do Niágara".

+++LEIA MAIS: Porta dos Fundos se desculpa por gordofobia em vídeo; entenda

Paul Feig, diretor dos episódios, complementou os comentários do produtor e falou que a ideia não foi bem aceita com os roteiristas. "Lembro-me de todos os escritores vindo falar para mim: 'Não podemos fazer isso. Você não pode matar um cavalo. É loucura'", comentou. "Todo mundo estava em todo Greg [Daniels, criador de The Office], e Greg estava tipo: 'Estou lhe dizendo que isso vai dar certo'. Ele estava se aprofundando e todo mundo estava enlouquecendo com isso".

No entanto, como dito por Cordray no livro, alguns dos maiores empecilhos para a ideia se tornar real vieram do produtor/protagonista Steve Carell, responsável por comparar o momento a algo que pode ser visto em Os Simpsons. Como dá para ver, a ideia foi cortada por Greg Daniels e o episódio termina sem incidentes.


+++ DELACRUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO