Integrantes do BTS agora podem adiar alistamento no exército; entenda

Na última terça, 1, a Assembleia Nacional da Coreia do Sul aprovou uma nova emenda constitucional que revisa a Lei do Serviço Militar

Redação Publicado em 02/12/2020, às 09h46

None
BTS (Foto: Richard Brian / SIPA/ AP)

Na última terça-feira, 1, a Assembleia Nacional da Coreia do Sul aprovou uma nova emenda constitucional que isenta algumas estrelas do k-pop (incluindo os membros do BTS) do serviço militar até os 30 anos. A notícia foi dada pela revista Variety.

+++ LEIA MAIS: BTS, Blackpink e mais: Os 50 grupos de K-Pop mais populares de 2019, segundo o Tumblr

O projeto que revisa a Lei do Serviço Militar foi apresentado em setembro, quando o BTS se tornou o primeiro grupo de k-pop a liderar a Billboard Hot 100 nos Estados Unidos com o single “Dynamite”.

Os integrantes do grupo logo seriam obrigados a se alistar. Jin, o BTS mais velho, fará 28 anos já nesta sexta-feira, 4.

Segundo a versão original da lei, TODOS os homens saudáveis na Coreia do Sul DEVERIAM se alistar no Exército antes do 28º aniversário. Só havia exceções e termos de serviço reduzidos para os melhores músicos clássicos ou ganhadores de medalhas olímpicas.

+++LEIA MAIS: Grammy 2021: BTS merecia muito mais do que apenas 1 indicação - e provamos isso

Felizmente, os novos critérios agora aumentam a idade de alistamento para “artistas da cultura pop recomendados pelo Ministério da Cultura, Esportes e Turismo que ajudam a melhorar a imagem da Coreia tanto dentro do país quanto ao redor do mundo.”

 


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes!


+++ TICO SANTA CRUZ: 'A GENTE QUERIA PROVOCAR OS CONSERVADORES' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL