Jimmy Page republica anúncio melancólico do fim do Led Zeppelin depois da morte de John Bonham; veja

A banda encerrou as atividades após 11 anos na estrada e oito discos lançados

Redação Publicado em 11/12/2019, às 20h03

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

Na última quarta, 4, Jimmy Page postou na conta oficial do Instagram a carta de 1980 que lamenta a morte de John Bonham e anuncia fim do Led Zeppelin. A data da publicação marca os 39 anos do término da banda. 

O guitarrista mostrou o comunicado original enviado pela gravadora Atlantic Records à imprensa. A mensagem informava: "Gostaríamos que soubessem que a perda de nosso querido amigo, e o profundo respeito que temos pela família dele, junto com o sentimento de harmonia inseparável que nós temos nos levou a decidir que não podemos continuar como éramos".

+++ LEIA MAIS: Relembre como foi o último show do Led Zeppelin com John Bonham, há 34 anos

Aos 32 anos, Bonham morreu por asfixia no dia 25 de setembro de 1980. O baterista do Led Zeppelin foi encontrado sem vida na casa de Jimmy Page. Na autópsia foi revelado que o baterista morreu por asfixia. O músico engasgou com o próprio vômito depois de consumir o equivalente a 40 doses de vodka.

Após a morte do baterista, depois de 11 anos e oito discos, o Led Zeppelin, uma das maiores bandas da história do rock, chegava ao fim. E, em 2016, John Bonham entrava para a história após a Rolling Stone EUA o eleger em primeiro lugar na lista dos “100 melhores bateristas de todo os tempos”.


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'