O melhor e o pior de Star Wars: O Retorno de Jedi [LISTA]

A conclusão da primeira trilogia é um filme amado pelos fãs, mas não deixa de ter defeitos óbvios, mesmo que não estraguem a experiência

Redação Publicado em 13/12/2019, às 07h33

None
Mark Hamill como Luke Skywalker em O Retorno de Jedi (foto: Reprodução/ Lucasfilm)

Antes da estreia de Star Wars: A Ascensão Skywalker, é bom relembrar os outros filmes da gigantesca franquia, para entender o que esperar. E o longa da série mais semelhante ao novo é, sem dúvida, O Retorno de Jedi (1983), que também teve a tarefa de concluir uma trilogia - a primeira delas. 

Por mais nostálgico e adorado por fãs que seja hoje em dia, O Retorno de Jedi tem várias falhas, seja por aspectos decepcionantes do enredo ou cenas toscas. Existem também aspectos que resistiram ao tempo e mostram a qualidade da franquia.

+++LEIA MAIS: Presidente da Lucasfilm revela por que demitiu Colin Trevorrow de Star Wars

Listamos abaixos alguns dos erros (e acertos) de O Retorno de Jedi, como apontado pelo site Screen Rant.


Acerto: a luta com Jabba

O primeiro ato do filme é complicado. O plano dos heróis para salvar Han Solo é basicamente “se deixar ser capturados por Jabba um de cada vez”, mas, quando chega a hora de enfrentar o senhor do submundo de Tatooine, a cena repleta de ação serve como a estreia de Luke com o sabre de luz verde e como um Jedi completo.

Também serve como a redenção de Lando Calrissian e mais um momento de destaque para a Princesa Leia, ela que mata Jabba com a própria vaidade do vilão, enforcando-o alienígena com as correntes que ele usou para prendê-la.


Erro: A morte de Boba Fett

Na mesma da luta contra Jabba, o filme tem uma das coisas mais ridículas. O caçador de recompensas Boba Fett estava envolvido na batalha, e precisava morrer para sair da história e não ser mais uma preocupação dos heróis.

+++LEIA MAIS: Daisy Ridley, a Rey de Star Wars, se compara a John Boyega e diz não ter privilégios; entenda

A saída de Fett não poderia ser menos gloriosa. O vilão leva um golpe de sorte de Han Solo, que ainda por cima está momentaneamente cego devido ao descongelamento da carbonita. O ataque aciona a mochila a jato dele, e ele bate na nave de Jabba e caí direto na boca do Sarlacc, o predador do deserto de Tatooine. O monstro ainda solta um arroto!

Relembre a morte de Boba Fett abaixo:


Acerto: O espetáculo de ação do terceiro ato

A batalha final de Retorno de Jedi soube como levantar os ânimos. Após um meio de filme focado em diálogos, o final encaminha uma batalha simultânea em terra e espaço, com Han e Leia na lua de Endor para desligar os escudos da segunda Estrela da Morte, Luke enfrentando Darth Vader e o Imperador Palpatine e a Resistência contra o Império.


Erro: Ewoks

Antes mesmo da segunda trilogia (episódios I, II e III), George Lucas já pensava em tornar Star Wars mais acessível (e rentável) para o público infantil. Por isso ele criou os Ewoks, uma tribo de criaturinhas peludas que moram na lua de Endor, com o intuito de vender bonecos.

+++LEIA MAIS: John Boyega admite que Star Wars: Os Últimos Jedi foi "um pouco bobo"

Apesar do grande sucesso comercial, os Ewoks literalmente emburrecem o filme. Quebram o tom da aventura, derrotam Stormtroopers com uma facilidade ridícula e são plano de fundo de piadas pouco memoráveis ou até infames, como quando os heróis quase viram o jantar da tribo.


Acerto: Mais uma revelação familiar

Star Wars surpreendeu todos com a revelação de que Darth Vader era o pai de Luke em O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi acompanhou o tom, com Leia se revelando a irmã de Luke. Reduzir a trama de uma guerra galáctica para um conflito familiar dos Skywalker foi uma ótima solução para engajar emocionalmente o público.


Erro: A presença vaga de Obi-Wan

Apesar de querido pelos fãs, Obi-Wan é um dos problemas dos três filmes. O Mestre Jedi sempre dá conselhos vagos em momentos incoerentes (em Império Contra-Ataca, ele diz para Luke ir para Dagobah treinar com Yoda enquanto o pobre herói está a ponto de congelar até a morte em Hoth), em Retorno de Jedi ele revelou que Luke e Leia eram irmãos na pior hora possível.


Acerto: Imperador Palpatine

Tornar Darth Vader um vilão secundário foi ousado, e valeu a pena. O Imperador Palpatine conseguiu ser uma ameaça maior queVader, e ainda foi necessário para a redenção dele como Anakin Skywalker. Ponto extra para a atuação de Ian McDiarmid, que foi Palpatine em todos os filmes, inclusive no próximo, A Ascensão Skywalker.


Erro: O Luke usa a força para enforcar inimigos

Luke Skywalker flerta com o lado sombrio repetidas vezes no filme. Os robes pretos são exemplo da mudança e conflito interno dele, e no início do filme ele até enforca um dos guardas de Jabba com a Força, em uma cena exagerada e que quase desvirtua o personagem.

+++LEIA MAIS: Affairs, spoilers e rivalidades: 7 curiosidades da trilogia clássica de Star Wars [LISTA]


Acerto: O final

Resultado de imagem para return of the jedi party

O final feliz de Retorno de Jedi é uma satisfação difícil de ser comparada. Luke, Han Leia, Lando, C3PO, R2D2  e até Chewbacca estão todos juntos comemorando a queda do Império enquanto a pira funerária para Darth Vader queima, e o pai dos irmãos Skywalker observa a cena como um fantasma da Força, junto de Yoda e Obi-Wan. Um triunfo completo e emocionante.


Erro: O ‘Noooo’ de Darth Vader no relançamento de 2011

George Lucas e o hábito de alterar os filmes em lançamentos e edições especiais já rendeu vários desgostos entre os fãs, e no Blu-ray de 2011 o diretor fez Darth Vader gritar o infame “Noooo” de Vingança dos Sith (2005) enquanto salva Luke do Imperador.

Não há mais o que se dizer sobre isso, apenas assistir a cena alterada e se sentir triste:


+++ SCALENE SOBRE RESPIRO: 'UM PASSO PARA TRÁS, RESPIRAR E VER AS COISAS DE UMA FORMA NOVA'