O próprio Stephen King não gosta do final que criou para The Stand, a história sobre um vírus mortal; entenda

Muitos fãs comparam a trama do livro com a pandemia de coronavírus

Redação Publicado em 19/08/2020, às 11h09

None
Stephen King (Foto: Reprodução/AP)

Stephen King, considerado mestre dos livros de terror, possui muito apreço mundialmente, seja pela crítica, leitores ou dos próprios fãs. No entanto, ele é bastante criticado pelo final de algumas obras, como é o caso de The Stand (a tradução ficou como "A Dança da Morte"), uma história sobre um vírus mortal que ganhou notoriedade durante a pandemia de coronavírus. Inclusive, o próprio autor não gosta de como ele encerrou a trama. A infomação é do Cheat Sheet.

A Dança da Morte é conhecida pelos fãs de King como um dos melhores livros dele. A obra foi lançada em 1978. A trama, mesmo antiga, é bastante atual com o momento atual em que vivemos, porque muitos comparam, segundo o site, o vírus Captain Trips com Covid-19.

+++LEIA MAIS: Quem é quem em The Umbrella Academy? Quem são os 7 irmãos e quais os superpoderes

O autor ficou ciente das comparações e falou no Twitter que uma coisa tem nada a ver com a outra: "Não, coronavírus NÃO é igual a A Dança da Morte. Não é tão sério. É eminentemente capaz de sobreviver. Mantenha a calma e tome todas as precauções razoáveis", escreveu.

Além de ser um autor excepcional, Stephen King também tem humildade de reconhecer quando erra. Por mais que ele goste de A Dança da Morte, ele sempre admite que o final do livro poderia ter sido melhor pensado. Em uma entrevista ao The View, na qual teve a chance de falar com Whoopi Goldberg, atriz da série que adaptará a obra, o escritor disse que irá mudar o final da trama no roteiro do seriado da CBS All Access.

+++LEIA MAIS: Tuíte antigo e fora de contexto de Ellen DeGeneres volta a repercutir em meio às acusações: 'Fiz uma funcionária chorar como um bebê'

"Eu nunca fiquei totalmente feliz com a maneira como tudo terminou, porque os personagens principais, Stu e Fran, nunca falaram sobre o que aconteceu com eles depois que deixaram Boulder, Colorado quando a coisa acabou, e eu sempre me perguntei sobre a viagem de volta", revelou.


+++ DECLACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'