Regina Duarte cometeu ‘suicídio cultural’ em entrevista à CNN, diz Pedro Bial

Apresentador da Globo comentou postura da secretária especial da Cultura

Redação Publicado em 18/05/2020, às 08h54

None
Pedro Bial e Regina Duarte no programa Conversa Com Bial em 2019 (Foto: Reprodução/Globoplay)

Secretária especial da Cultura do governo Bolsonaro,Regina Duarte concedeu uma entrevista à CNN Brasil, no começo de maio, e causou indignação na classe artística com os comentários sobre o período da Ditadura Militar. Pedro Bial comentou o caso.

Na entrevista, Regina cantou uma música relacionada ao período da ditadura, “Pra Frente Brasil”, e minimizou os casos de tortura e mortes do período. Mais adiante na entrevista, a secretária se recusar a ouvir uma mensagem gravada de Maitê Proença, e a conversa foi encerrada pelos jornalistas.

+++ LEIA MAIS: José de Abreu desafia Regina Duarte para debate 'sobre política, cultura, Rouanet' e pergunta: 'Topa, apoiadora de fascista?'

“Uma grande atriz, parte fundamental da história de nossa teledramaturgia, atentou contra si mesma e sua própria biografia, num 'suicídio cultural’”, comentou Bial, em entrevista à Folha de São Paulo.

O apresentador do programa Conversa com Bial, que estreia nova temporada nesta segunda na Globo, entrevistou Regina, em episódio exibido em maio de 2019. No episódio, a atriz comentou sobre políticas culturais. "Eu sou a favor que o Estado não patrocine cultura ns moldes atuais. (...) O povo deseja e precisa de um Estado menor", afirmou na época. 


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL