Robert Pattinson ‘quase socou a cara’ de diretor de O Farol

O filme de terror estreou em 2019

Redação Publicado em 19/05/2020, às 17h26

None
Robert Pattinson em O Farol (Foto: Reprodução)

O Farol, filme de terror estrelado por Robert Pattinson e Willem Dafoe, foi lançado em 2019 - e o clima tenso das cenas acabou sendo incorporado pelo ator. Em entrevista, Pattinson falou que “quase socou a cara” de Robert Eggers, diretor do longa. As informações são do Cheatsheet.

+++ LEIA MAIS: Robert Pattinson não quer a mesma fama de Crepúsculo com The Batman: “sou meio chato e velho agora”

Pattinson falou sobre o ocorrido em entrevista ao Interview: “Foi a primeira vez na qual quase soquei a cara de um diretor. Por mais que eu goste de Robert [Eggers], houve um ponto em que eu fiz cinco tomadas andando pela praia e depois de um tempo fiquei tipo: 'O que diabos está acontecendo? Sinto que você está apenas pulverizando uma mangueira de incêndio na minha cara'”.

Segundo o astro, a resposta do diretor o deixou irado: “Ele disse: 'Estou pulverizando uma mangueira de incêndio na sua cara’. Foi como algum tipo de tortura. Definitivamente, cria uma energia interessante”.

+++ LEIA MAIS: Robert Pattinson, o protagonista de The Batman, revela que não sabe "como realmente atuar"

Pattinson também relembrou que as condições na ilha remota, assim como as longas filmagens e as abordagens do diretor eram responsáveis por aumentar o nível de estresse. Além disso, o fato de mergulhar nos próprios papéis pode ter contribuído para a raiva. 

Em entrevista ao The Verge, o diretor falou sobre a escolha dos astros: "Eles são atores muito talentosos, e eu os convidei porque sabia que eles poderiam fazer isso. Mas preciso de certas coisas... Eles sabiam que teriam que renunciar um pouco à minha abordagem para que o filme pudesse ter sucesso".

+++ LEIA MAIS: Robert Pattinson diz que vai virar ator pornô se papel de Batman não der certo


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE