Sacha Baron Cohen se posiciona contra Mark Zuckerberg e o Facebook; entenda

Segundo o astro de Borat, o Facebook está "espalhando mentiras sobre fraude eleitoral"

Redação Publicado em 11/11/2020, às 18h04

None
Montagem de Sacha Baron Cohen (Foto: AP) e Mark Zuckerberg (Foto: Chip Somodevilla/Getty Images)

Em 2020, Sacha Baron Cohen, astro de Borat, usou as redes sociais para ir contra o Partido Republicano, de Donald Trump. Após a derrota do presidente nas eleições norte-americanas, o ator revelou também estar contra Mark Zuckerberg. As informações são do site Consequence of Sound

+++LEIA MAIS: Sacha Baron Cohen diz que Borat 2 evidencia 'perigosa descida ao autoritarismo' dos EUA

Quando foi anunciada a vitória de Joe Biden, Cohen publicou uma imagem de Trump apertando a mão de Zuckerberg com a mensagem “Um já foi, falta um” - e nesta quarta, 11, o astro explicou detalhadamente como o Facebook estaria impedindo a transferência de poder de Trump para Biden.

Sacha Baron Cohen escreveu no Twitter: "Este é um momento perigoso. Trump não vai ceder. O Facebook está espalhando as mentiras sobre fraude eleitoral. Mark - a história irá julgá-lo pelo que você fizer a seguir. Você tem uma escolha - ficar com Trump ou ficar com a democracia. O mundo inteiro está assistindo".

+++LEIA MAIS: Borat 2 e a delicada arte de expor o perigo pela sátira [ANÁLISE]

A preocupação do astro com o Facebook não é recente. Como relembrou o Consequence of Sound, em um discurso de 2019, Cohen falou sobre a empresa de Zuckerberg: "É a maior máquina de propaganda da história".

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes 

+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL