A última apresentação de Jim Morrison com o The Doors foi catastrófica; entenda

O show de 1970 mostrou um vocalista destruído por dentro

Redação Publicado em 03/07/2020, às 18h43

None
Jim Morrison (Foto: Agência El Universal / AP)

Em 3 de julho de 1971, há 49 anos, Jim Morrison, vocalista do The Doors, morreu em Paris, na França. A última apresentação do músico lendário com a banda aconteceu no final de 1970 - e foi uma catástrofe. As informações são da Far Out Magazine.

+++LEIA MAIS: Relembre o show do The Doors em que Jim Morrison foi preso por incitar o nudismo

O 6º disco do The Doors, LA Woman, coincidiu com a mudança de Morrison para Paris, cujo objetivo era conseguir algum anonimato após intensos meses de gravação. Após as sessões, o grupo subiu ao palco em Nova Orleans, nos Estados Unidos, para estrear algumas das canções do novo disco e tudo começou bem - mas não por muito tempo.  

Evidentemente bêbado, Morrison estava conseguindo cantar as músicas no início, mas em algum momento esqueceu a letra. Para tentar desviar das reclamações do público, o vocalista tentou mudar o ritmo das canções e fazer uma piada, mas o cenário desastroso continuou. 

+++LEIA MAIS: Harrison Ford já trabalhou com o The Doors; ator relembra de turnê com Jim Morrison

Jim Morrison tentou cantar "St. James Infirmary Blues" gritando a letra por cima da banda e depois desabou no palco e se recusou a levantar - representação da destruição que acontecia dentro do próprio músico. Após se levantar brevemente, o vocalista sentou na bateria sem forças para retornar ao microfone. Após conseguir alcançar o aparelho, desabou no chão.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO