4 motivos para assistir Julie and the Phantoms, nova série da Netflix: música, representatividade e mais

A produção é um remake da série brasileira, Julie e os Fantasmas, distribuída pela Nickelodeon em 2011

Isabela Guiduci | @isabelaguiduci Publicado em 21/10/2020, às 19h18

None
Julie and The Phantoms (Foto: Reprodução)

Julie and the Phantoms é a nova série musical da Netflix, lançada no dia 10 de setembro. A nova aposta teen do streaming explora o universo adolescente escolar combinado com muita música e dança.

+++LEIA MAIS: Conheça High School Musical: The Musical The Series, série exclusiva do Disney+

Para quem acompanhou a Disney ao longo dos anos - que apresentou séries e filmes como Hannah Montana, High School Musical, Camp Rock, No Ritmo, Descendentes, Violettae mais - e amava esta fórmula dos programas, Julie and the Phantomsprecisa ser uma opção da sua lista. 

A série é um remake da brasileira, Julie e os Fantasmas, produzida pela Band e distribuída pela Nickelodeon em 2011. Embora a produção só tenha ganhado uma temporada aqui no Brasil, foi um sucesso na época com Mariana Lessa como Julie e Bruno Sigrist, Marcelo Ferrari e Fábio Rabello como os fantasmas, Daniel, Martim e Félix.

+++ LEIA MAIS: Filme vs Livro: como Enola Holmes mudou completamente a história da irmã de Sherlock - mas conseguiu ficar ainda melhor [REVIEW]

Produzido por ninguém mais ninguém menos que o próprio Kenny Ortega, conhecido pelo trabalho com High School Musical, The Cheetah Girls e Descedentes, a série apresenta a fórmula clássica de muita música e dança, e reinventa o estilo de produções de Ortega

Não apenas a música e o universo teen são destaques em Julie and the Phantoms, porém. O seriado explora pautas interessantes e mesmo que repita alguns clichês por ser uma série adolescente, busca ir muito além deles e desenvolver os arcos narrativos de uma maneira leve, mas íntima e subjetiva. Por isso, separamos 4 motivos para você maratonar a nova aposta da Netflix:

+++LEIA MAIS: Amou Stranger Things? Conheça The Society, série de mistério adolescente sobre 'universo paralelo'

História e personagens

A série apresenta Julie (Madison Reyes), uma adolescente com um talento incrível, mas que está enfrentando um bloqueio criativo após a morte da mãe. Julie, porém, não contava com o encontro com três fantasmas músicos, Luke (Charlie Gillispie), Alex (Owen Patrick) e Reggie (Jeremy Shada), que passam a viver no estúdio do fundo da casa da jovem cantora e só ela consegue vê-los. 

+++LEIA MAIS: Revolução teen na Netflix: séries adolescentes invadem o serviço de streaming

Com ajuda dos novos amigos, Julie aprende a superar o bloqueio criativo. Juntos, decidem começar uma banda, e os fantasmas descobrem que quando se apresentam, ficam visíveis para outras pessoas. Logo, os três passam a experimentar canções, compor, fazer shows e consequentemente, criam uma conexão. 

Além deles, Julie também conta com a melhor amiga Flynn (Jadah Marie). Ao longo dos episódios, a série aborda a importância das amizades e da família de uma maneira sensível e muito divertida. Todos os personagens são realmente cativantes e prendem atenção do público, tornando a narrativa ainda mais interessante.

+++LEIA MAIS: Amou Simplesmente Acontece? Conheça Lovesick, série da Netflix sobre paixão entre melhores amigos perfeita para maratonar


Músicas

As canções da série são ótimas e dialogam diretamente com a história, como estamos acostumados a notar nos musicais. A sonoridade pop deixa a narrativa mais sensível e delicada em determinados momentos e extremamente divertida em outros - não apenas crianças e pré-adolescentes se identificam com as músicas, jovens-adultos também podem se surpreender. 

Vale um destaque para a voz da protagonista, Madison Reyes, de 16 anos. A atriz e cantora faz um trabalho impecável ao interpretar as músicas e esbanja talento ao longo dos dez episódios. 

++LEIA MAIS: Amou Elite? Conheça Outer Banks, a nova série teen de suspense da Netflix


Representatividade

Kenny Ortega revelou, em uma entrevista à Folha de S. Paulo, que queria representatividade com a protagonista da série. Depois de mandar mil cartas pelos Estados Unidos e Canadá, encontraram Madison Reyes, uma adolescente porto-riquenha estudante de uma escola na Pensilvânia.

"Isso simplesmente pareceu natural para Julie. Não faria se não fosse. Eu não vou fazer nada que não me dê a oportunidade de ter uma inclusividade rica e uma diversidade étnica no meu trabalho", contou. 

Além de Madison, Jadah Marie, a Flynn, é uma atriz, cantora e dançarina norte-americana negra. Na série também há representatividade LGTBQIA+. Alex encontra outro fantasma, o Willie (Booboo Stweart), e os dois se apaixonam.

+++LEIA MAIS: Amou Anne With An E? Conheça Love 101, série adolescente sensível e perfeita para maratonar na Netflix


Tempo dos Episódios

Os episódios de Julie and the Phantoms têm em média 30 minutos e são apenas 9 na primeira temporada. Maratonar esta série não é uma tarefa difícil - e não só pelo tempo, mas também, porque a produção é super leve e divertida. 

+++LEIA MAIS: 5 filmes na Netflix para lidar com o coração partido


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL