Como Sheldon Cooper reagiria à pandemia de coronavírus? Showrunner de The Big Bang Theory responde

Personagem tem spin-off que mostra a infância dele

Redação Publicado em 02/05/2020, às 17h00

None
Jim Parsons em The Big Bang Theory (Foto: Reprodução/CBS)

The Big Bang Theory acompanhava Sheldon Cooper, Leonard Hofstadter, Penny e companhia em diversas situações, muitas delas abordavam assuntos bastante atuais. No entanto, como a série acabou em 2019, dificilmente o público verá como os personagens lidariam com a quarentena, isolamento social e a pandemia do novo coronavírus. Em entrevista ao TVLine, Steve Molaro, showrunner do seriado, explicou como Sheldon lidaria com tudo isso.

De acordo com Molaro, o personagem "iria gostar" da quarentena, porque "ele já estava preparado para uma invasão de zumbis, então acho que ele estaria pronto para isso. Ele provavelmente já teria acumulado um estoque de álcool gel antes mesmo de ser uma ameaça nacional".

+++LEIA MAIS: Liam Gallagher cria playlist perfeita para isolamento contra coronavírus: de John Lennon a Bob Marley

O executivo também imaginou sobre o coronavírus fazer o cientista gostar mais do ar livre: "Eu me pergunto se Sheldon, um tipo de gato doméstico, pode, de repente, também se surpreender com a idéia de lá fora não ser tão ruim".

Um exemplo a ser seguido por The Big Bang Theory de mostrar os personagens durante a atual pandemia é o de Parks and Recreation, com um episódio especial, no qual os personagens se reuniram em uma chamada de vídeo, cada um na própria casa.

+++LEIA MAIS: As 5 melhores séries baseadas em obras de Stephen King, segundo o Rotten Tomatoes

A história de The Big Bang Theory ainda não acabou, a série ganhou um spin-off intitulado Young Sheldon, narrado pelo prórpio protagonista e mostra a infância do cientista.


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL