Daniel Craig não usa termos machistas de filmes do James Bond: ‘Não dá para manter uma conversa dizendo isso’

Próximo filme do agente secreto será lançado no dia 2 de abril de 2020

Redação Publicado em 21/02/2020, às 19h54

None
Daniel Craig (Foto: Reprodução)

Em entrevista àVanity Fair, Daniel Craig revelou que não usa termos machistas dos filmes de James Bond. Com isso, o ator enfatizou que não chama os interesses românticos do personagem de "Bond Girls".

"Não posso ter uma conversa sensata com alguém se estivermos falando de 'Bond Girls'”, disse Craig. Algumas atrizes que foram reconhecidas pelo 'apelido' são: Eva Green, Halle Berry, Denise Richards, Jane Seymour, Olga Kurylenko e Michelle Yeoh. Ana de Armas será a próxima.

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish já é favorita ao Oscar 2021? Veja retrospectiva das músicas de James Bond nas premiações

007 - Sem Tempo para Morrer  terá Daniel Craig como James Bond pela última vez. Apesar da despedida e enfatizar que está "velho e carrancudo", durante uma conversa com o The Sunday Times, o ator disse: “É uma das coisas mais intensas e gratificantes que já fiz".

O mundo foi introduzido a Craig como Bond em 007 - Casino Royale (2006). Desde então, o ator retratou o ícone atemporal em 007 - Quantum of Solace (2008), 007 - Operação Skyfall (2012) e 007 contra Spectre (2015).

+++ LEIA MAIS: Arte de fã substitui James Bond de Daniel Craig por Henry Cavill; veja

Embora a maioria dos filmes de Bond atue como histórias independentes, os filmes de DanielCraig da época tiveram elementos recorrentes que conectam todos os longa, então parece adequado para ele terminar de contar a história da própria iteração antes de passar a tocha para o próximo ator de James Bond

Assista ao trailer do novo filme - que será lançado no dia 2 de abril de 2020:


+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA