Estilista acusa Marilyn Manson de apontar arma para sua cabeça em sessão de fotos

Segundo Love Bailey, a situação ocorreu enquanto ela tentava ajudar uma atriz de Hollywood na casa do músico

Redação Publicado em 03/02/2021, às 10h49

None
Marilyn Manson (divulgação)

A estilista de moda, cineasta e transexual Love Bailey, revelou que Marilyn Manson apontou uma arma para a sua cabeça enquanto trabalhava em uma sessão de fotos para a revista LoveCat [hoje conhecida como Galore], na casa do cantor, em 2011. 

Em depoimento em vídeo publicado no Instagram, Love Bailey contou que, durante a sessão de fotos, tentou socorrer uma atriz de Hollywood, mas Marilyn Manson interviu apontando uma arma para a sua cabeça.

Segundo o relato, Bailey foi chamada ao quarto de Manson. O músico e a atriz tinham acabado de fazer sexo e ela parecia estar dopada, cambaleante. Quando a estilista tentou ajudar a atriz, ele começou a ameaça-la com uma arma. 

+++LEIA MAIS: Marilyn Manson é cortado de American Goods e Creepshow

Ao site The Daily Beast, Bailey detalhou: "Era uma grande glock [série de pistolas semiautomáticas], uma glock de metal, não uma arma de brinquedo. Ele colocou isso direto na minha testa e disse: 'Eu não gosto de bichas'. Então, ele riu em tom agressivo". 

A estilista continuou: "Lembro-me de pensar: 'Oh, meu Deus, eu vou morrer?'. Eu me senti impotente, fiquei atordoada e fiquei chocada. Eu me perguntava: 'Ele é famoso demais para me matar?'. Lembro de todos esses pensamentos passando pela minha cabeça". 

A acusação de Love Bailey vem a público após Marilyn Manson ser acusado de abuso pela atriz e ex-namorada do cantor, Evan Rachel Wood, e outras mulheres: a artista Gabriella, a fotógrafa Ashley Walters, a modelo Sarah McNeilly, e a modelo Ashley Lindsay Morgan. O músico negou as acusações alegando serem "distorções da realidade". 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Em outra postagem, Love Bailey explicou o porquê resolveu tornar pública a situação pela qual passou:

"Revelar-se contra agressão e estupro não é fácil para ninguém. Não sou fã da cultura do cancelamento, mas quando alguém como Marilyn Manson aponta uma arma para sua cabeça, é hora de falar".

"Para todos os meus seguidores de moda que ainda apoiam este humano vil, considere todas as vítimas de estupro e de abuso quando postar uma foto dele. É 2021 e temos que tirar o poder dessas pessoas horríveis para que não façam mal a ninguém", finalizou.

Ao site, Love Bailey afirmou que está mantendo o nome da atriz em segredo enquanto busca aconselhamento jurídico e vai entrar em contato com a polícia para contar a história completa. 

Confira o vídeo de Love Bailey: 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Love Bailey (@loveisbailey)

+++LEIA MAIS: Marilyn Manson 'começou a me aliciar quando era adolescente e me abusou terrivelmente durante anos', diz Evan Rachel Wood


+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL


+++MAIS SOBRE MARILYN MANSON: 5 momentos bizarros do cantor:

 

Fã de Anton Lavey

Marilyn Manson é, muitas vezes, chamado de e o Anticristo do Rock - e o motivo é a admiração por Anton LaVey, fundador da Igreja de Satã, que nomeou o cantor como um reverendo honorário.

Apesar da admiração por LaVey, o artista declarou anteriormente em entrevista ao Beliefnet que não é adorador do demônio: “Isso só poderia ser verdade se eu me considerasse ser o diabo, porque eu tendo a ser narcisista e acredito na minha própria força e identidade. Acho que Deus é o que existe no que você cria. A arte é a única coisa espiritual no mundo”.

+++LEIA MAIS: 5 bandas de rock que foram banidas pela Igreja


Afastar paparazzi

Em 2012, Marilyn Manson deu um jeito de afastar os paparazzi: O músico pintou a palavra “fuck” no rosto enquanto esperava na fila do aeroporto. Segundo o Huffpost, o artista explicou na hora que a palavra não era direcionada a ninguém na fila, mas aos paparazzi, para que “eles não pudessem vender as fotos que tirassem dele”.


Sexo com cueca nos tornozelos

Pode não parecer, mas Marilyn Manson é uma pessoa tímida - pelo menos é o que ele diz. Em entrevista à Rolling Stone EUA, o músico explicou que só consegue fazer sexo com as luzes apagadas, e ainda: ele tem fobia da casa dele pegar fogo, por isso tem relações sexuais com a cueca no tornozelo. Assim, se houver fogo, ele não estará pelado.

+++ LEIA MAIS: 5 artistas que não existiriam sem David Bowie: Marilyn Manson, Madonna e mais


Coleção de ossos

Um dos hobbies de Manson é acumular alguns itens peculiares, como próteses e partes falsas do corpo. Contudo, o cantor também coleciona itens ainda mais bizarros, incluindo ossos de verdade e um feto humano, que, segundo entrevista do músico a David Letterma, foi um presente. 


Pintura para cadáveres

Em entrevista à MTV, Manson revelou que a maquiagem dele é feita normalmente com uma lata infantil de Alice no País das Maravilhas, mas não é só. Segundo o músico, ele também usa um kit de pintura dos anos 1920 originalmente feito para retocar cadáveres.