Pulse

Michael Jackson tentou beijar Melania Trump nos anos 1990 para provocar presidente dos EUA

O Rei do Pop era bem próximo da família Trump

Redação Publicado em 12/11/2019, às 15h21

None
Trump e Michael Jackson (Foto: Reprodução/Twitter)

A amizade entre Michael JacksonDonald Trump não é segredo para ninguém. Melania Trump, a terceira e atual esposa do presidente dos Estados Unidos, conheceu o esposo ao mudar-se para Nova York nos anos 1990.

Trump apresentou Melania para o amigo Michael Jackson. E, a primeira dama revelou, em entrevista ao jornal The Express, que o músico já tentou beijá-la em um jantar.

+++LEIA MAIS: Filho de Trump afirma que pai não é racista por permitir a amizade com Michael Jackson

"Depois de um jantar, nós estávamos conversando no sofá, e meu marido foi para outro cômodo para ver alguma arte que alguém queria mostrar para ele. Então Michael me disse, ‘hey, quando Trump voltar, vamos começar a nos beijar então ele ficará com ciúmes?'", revelou Melania.

Ela continuou: "Nós não nos beijamos, mas ficamos rindo muito". A primeira dama explicou que a ideia de Jackson era brincar e provocar Trump

+++LEIA MAIS: Trump quer que as pessoas façam raps sobre seu governo - ganhador poderá visitar a Casa Branca

Vale lembrar que de fato, toda a família do presidente era bem próxima de Jackson. Em 2015, um tuíte do atual presidente diz: "Michael era muito mal interpretado – um grande talento." 

Quando Michael Jackson foi acusado de pedofilia, a família do presidente o defendeu. Ivana Trump, ex-esposa de Trump, publicou no livro dela em 2017: "Eu nunca acreditei nas acusações de que ele teria molestado aquelas crianças. Não existe nenhuma chance dele ter machucado alguém."