O que adolescentes de hoje acham de Blink-182 antigo?

Jovens entre 14 e 18 anos ouviram algumas das músicas mais clássicas da banda e comentaram sobre elas

Redação Publicado em 04/09/2019, às 20h03

None
Blink-182 (Foto: Interscope Records/AP)

Quando o Blink-182 lançou alguns de seus maiores clássicos no final da década de 1990, eram uma síntese da adolescência da época: roupas largas, falastrões, piadistas e, claro, pop punks. 25 anos depois do lançamento de Cheshire Cat, primeiro disco da banda, porém, os adolescentes mudaram muito - e seus gostos musicais também. 

Com isso em mente, o canal FBe, especializado em vídeos de reações, decidiu saber o que os jovens de hoje pensam de Blink-182. Fizeram um vídeo mostrando algumas das músicas e clipes antigos da banda para adolescentes entre 14 e 18 anos - e gravaram seus comentários. 

+++ LEIA MAIS: Playlist: 17 músicas que todo emo dos anos 2000 ouviu até cansar

Para começar, tocaram “All The Small Things.” “Minha mãe ama esta música,” comenta uma das garotas. “Isso faz eu me sentir tão jovem,” brinca outro adolescente. E um terceiro se confunde um pouco: “isso é como punk rock das antigas.” A maioria já conhecia a música - embora alguns não soubessem que era do Blink-182 - e chegaram a cantar juntos. 

Depois, veio “What’s My Age Again?”, clipe na qual a banda corre pela cidade pelada - o que causou divertimento. “Eles estão sem camisa… Ah, não, espera, estão completamente pelados!”,  “Como eles filmaram isso?” e “Eu sinto que eles definiram toda uma geração” foram alguns dos comentários. E outro posicionamento: “isso é icônico. A música, a letra, a batida, a presença. Icônico.”

+++ LEIA MAIS: Fã de Blink 182? Mark Hoppus revela parte de What's My Age Again que você provavelmente cantava errado 

O último clássico apresentado foi “Miss You,” e agradou. “Eles realmente começaram a mostrar a versatilidade deles nessa. E tem uma vibe meio Panic! At The Disco,” disse um dos garotos. 

O grupo ainda viu um compilado de diversas outras músicas da carreira do Blink-182 - e seus clipes. “São músicas icônicas. Eu sinto que você precisa conhecer essas músicas!” e “Você simplesmente conhece eles. Quando eu estava no ensino fundamental e ouvia rádio de rock era sempre ‘você está ouvindo Blink-182!” foram algumas das observações gerais. E uma garota ainda foi além: “queria ter crescido nessa época para ir em uma festa e estar tocando isso.”

+++ LEIA MAIS: Envolvido em investigações do Governo, Tom DeLonge acha invasão à Área 51 uma péssima ideia 

Veja o vídeo: