Por que Quincy Jones diz que Michael Jackson ‘roubou’ Billie Jean?

"Michael roubou muitas coisas, muitas músicas", afirmou o produtor

Redação Publicado em 22/04/2020, às 10h38

None
Michael Jackson e Quincy Jones em 1984 (Foto: AP Images)

Um dos cantores mais influentes de todos os tempos, Michael Jackson colaborou com o produtor Quincy Jones diversas vezes - incluindo na faixa “Billie Jean”. No entanto, Jones expressou algumas críticas ao Rei do Pop.

+++ LEIA MAIS: Como uma lhama arruinou as gravações de Freddie Mercury e Michael Jackson?

Segundo ele, “Billie Jean” nada mais é do que uma cópia descarada da música “State of Independence”, escrita por Jon & Vangelis para o álbum The Friends of Mr Cairo

“State of Independence” ganhou notoriedade ao ser interpretada por Donna Summer em 1982, sob a produção de Jones. No mesmo ano, Jackson lançou o álbum Thriller, que futuramente definiria sua carreira. 

O álbum incluía a faixa "Billie Jean", mas Jones acredita que Jackson não mereça todo o crédito por ela. Em fevereiro de 2018, ele disse: “Eu odeio entrar nisso publicamente, mas Michael roubou muitas coisas, muitas músicas. As notas musicais não mentem, cara. Ele era realmente maquiavélico.”

+++ LEIA MAIS: Como Michael Jackson tentou comprar ossos do Homem-Elefante - e ganhou imagem de 'esquisitão' por isso

Os comentários de Jones levaram muitas pessoas a ouvir "State of Independence" e "Billie Jean" para encontrar semelhanças entre as duas faixas. Nos dois dias seguintes à entrevista de Jones, "State of Independence" recebeu 1.200% a mais de transmissões no Spotify.

Mais tarde, Jones se desculpou por seus comentários. 

 

+++ LEIA MAIS:  Qual foi o tamanho milionário da dívida deixada por Michael Jackson ao morrer?

 


+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA