Por que Ringo Starr tinha pelo menos uma música em cada disco dos Beatles?

Baterista recebeu créditos em canções como 'Good Night,' do White Album (1968), e 'Octopus's Garden,' do Abbey Road (1969)

Redação Publicado em 24/05/2021, às 12h54 - Atualizado às 13h00

None
Ringo Starr no Grammy 2021 (Foto: Kevin Winter / Getty Images)

Segundo informações do Express, Ringo Starr tinha, pelo menos, uma música em cada disco dos Beatles - e isso aconteceu graças aos fãs. Por exemplo, no White Album (1968), o baterista cantou "Don't Pass Me By" e "Good Night," ambas escritas por ele. Também recebeu créditos em "Octopus's Garden," do Abbey Road (1969).

No livro Sound Pictures: The Life of Beatles Producer George Martin (2018), de Kenneth Womack, o autor revelou o motivo de Starr ganhar essa e outras canções. Durante a jornada do Fab Four nos Estados Unidos, o baterista se tornou o integrante mais popular da banda britânica.

+++LEIA MAIS: Quais são os melhores momentos de Ringo Starr como baterista? Ex-Beatle responde

O produtor George Martin queria capitalizar em cima da popularidade do baterista. Por conta disso, ele ganhou uma música em cada disco. A obra também relembra como o resto do grupo estava ciente de estar em segundo lugar, atrás apenas da crescente base de fãs de Ringo Starr.

O jornal Phoenix New Times afirmou como Ringo Starr era o membro "mais baixo" e "mais caseiro" dos Beatles. A popularidade do músico foi tanta que criaram uma série de registros escritos e registrados sobre ele. Nomes como Pat Wynter e Rex Miller escreveram canções como "Ringo, I Want to Know Your Secret" e "Ringo's Doctor," respectivamente.

+++LEIA MAIS: Qual música dos Beatles Ringo Starr escutaria para o resto da vida?


+++ MV BILL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL