Quais protagonistas de Breaking Bad morreriam na segunda temporada? Criador responde

Segundo o criador de Breaking Bad, Vince Gilligan, a série seria menos rica sem esses queridos personagens

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 22/06/2021, às 17h35

None
Bryan Cranston como Walter White em Breaking Bad (Foto: Divulgação)

Breaking Bad (2008) se consagrou como uma das séries mais queridas do público nos anos 2010 com os personagens carismáticos e reais. No entanto, a produção poderia ter sido diferente, e quase contou com dois protagonistas mortos na segunda temporada. 

Segundo o CheatSheet, o final da primeira temporada e começo da segunda foram escritos durante a greve dos roteiristas, e isso foi fundamental para poupar a vida de dois protagonistas da série: Jesse (Aaron Paul) e Hank (Dean Norris).

+++ LEIA MAIS: 5 fatos hilários em Breaking Bad: de Skinny Pete e Badger a grandes ideias de Jesse [LISTA]

“Eu ia matar o personagem de Hank no final da primeira temporada, tendo originalmente planejado matar Jesse, mas mudei de ideia rapidamente porque percebi o quão grande [Aaron] Paul era,” contou Vince Gilligan, criador da série, em entrevista à Esquire. 

Breaking Bad teria outro tom se tivesse optado por esse caminho. Quando questionado sobre a ideia, o criador respondeu: “Dean Norris foi tão bom, mas achei que deveria sacrificar um dos personagens principais no final da primeira temporada, porque é isso que as séries corajosas fazem! Mas toda a produção teria sido tão diferente do que você conhece agora, acho que teria sido uma experiência muito mais curta e menos rica.”

+++ LEIA MAIS: Dona da casa de Walter White em Breaking Bad cansou dos fãs jogarem pizzas no telhado; entenda

Considerada a série mais bem avaliada de todos os tempos, Breaking Bad se tornou um sucesso ao longo das cinco temporadas, as quais foram ao ar de 2008 a 2013. Contava com Bryan Cranston, Aaron Paul, Dean Norris e Anna Gunn no elenco. 


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL