Qual era o verdadeiro significado do final da história de Neo em Matrix, de acordo com explicações das próprias Wachowskis

O sacrifício final de Neo representa um herói que atingiu a iluminação espiritual

Redação Publicado em 09/09/2020, às 08h08

None
The Matrix Revolutions (foto: reprodução/ Warner)

A trilogia Matrix termina com Neo(Keanu Reeves) tendo uma batalha épica contra o Agente Smith, que se tornou um vírus incontrolável no sistema. O conflito chega num impasse no qual o herói percebe que não pode vencer e se rende, mas quando ele é assimilado pelo inimigo, as máquinas mandam uma carga de energia que destrói Smith de dentro para fora.

Relembre a cena abaixo:

+++LEIA MAIS: Qual filme da carreira de Keanu Reeves é o favorito do ator?

Parece meio contraditória a cena. Como poderia Neo ter vencido se ele se entregou? Porém, segundo as irmãs Wachowski (via ScreenRant), isso aconteceu porque o personagem de Keanu Reevesatingiu o Satori, ou seja, o estado de iluminação do budismo:

"Neste ponto da história, Neo está à beira do satori, pronto para resolver o paradoxo da escolha e da falta de escolha, do livre-arbítrio contra o destino, mas isso só pode ser alcançado por meio de um ato de rendição, que só ocorre após ele ter abandonado a natureza perspectiva da verdade, aceitando a totalidade da consciência presente" - Lana Wachowski.

+++ LEIA MAIS: O que Keanu Reeves menos gosta sobre set de Matrix 4?

O que a cineasta quis dizer é que a natureza exata da verdade, ou mesmo da experiência, é mediada pela consciência individual, o que significa que nenhum de nós pode saber o que realmente é real e o que não é, já que vivemos presos em nossas percepções limitadas.

Neste contexto, a escolha real é impossível, uma vez que nenhuma compreensão dos resultados, ou mesmo do que existe além da nossa percepção, é possível. Mesmo assim, Neo toma consciência disso e escolhe. Escolhe se render. 

+++LEIA MAIS: Laurence Fishburne mostra classe ao revelar por que não estará em Matrix 4

É por isso que Neo se rende. Ele não pode matar o Agente Smith. Ele não pode vencer. Mas, absolvendo-se do que acontece e abraçando o momento, ele faz a única coisa que pode fazer e se entrega, escolhendo assim, apesar de não ter escolha real. Então o universo se desdobra em torno de sua escolha, pois, mesmo sem que o herói saiba, a ação dele traz a destruição de Smith e a salvação da humanidade.


+++BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'