Qual foi o único integrante do Led Zeppelin que adotou nome artístico?

Mesmo com tamanha fama, apenas um integrante do Led Zeppelin optou por abandonar a identidade verdadeira e adotar um nome artístico

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 14/06/2021, às 18h11

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

Formada por Jimmy Page, Robert Plant, John Paul Jones e John Bonham, Led Zeppelin marcou a geração dos anos 1970 com o rock pesado. Mesmo com tamanha fama, apenas um integrante do grupo resolveu adotar um nome artístico: o baixista e tecladista John Paul Jones

Segundo o Cheat Sheet, o artista nasceu com o nome de John Baldwin e deu início à carreira em Londres, Inglaterra, nos anos 1960. Continuou sendo chamado assim até 1964, época na qual lançou a primeira gravação solo. 

+++ LEIA MAIS: Robert Plant, do Led Zeppelin, quer divulgar gravações raras após a morte; entenda

A ideia do nome artístico surgiu do gerente do músico, quem também cuidava da carreira dos Rolling Stones, Andrew Loog Oldham. Ao ver um pôster de um filme sobre o comandante naval dos EUA John Paul Jones, falou sobre estar na hora do artista trocar de nome e sugeriu essa ideia. 

Assim, John Baldwin começou a ser chamado de John Paul Jones. O artista ganhou fama ao ser tecladista e baixista do Led Zeppelin, e deixou uma marca na história do rock and roll. Saiu da banda após a morte de John Bonham, em 1980.

+++ LEIA MAIS: Led Zeppelin e Rolling Stones: por que nunca houve competição entre as duas bandas nos anos 1970?


+++ URIAS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL