Quem é Kamala Harris: vice de Binden já cobrou Bolsonaro por incêndios na Amazônia e é celebrada por artistas

A democrata foi escolhida como vice-presidente de Joe Biden e se tornou a primeira mulher negra e asiática a concorrer ao cargo nos EUA

Redação Publicado em 12/08/2020, às 08h58

None
Kamala Harris (Foto: Getty Images / Al Drago / Correspondente)

Joe Biden, candidato da próxima eleição presidencial dos Estados Unidos, anunciou Kamala Harris como vice-presidente na última terça-feira, 11. Aos 55 anos, a democrata é a primeira mulher negra e asiática a disputar o cargo no governo norte-americano.

A escolha de Kamala foi celebrada por diversos artistas nas redes sociais, segundo o Bol. Em um post no Twitter, o cantor John Legend escreveu: "Muito feliz pela nossa amiga, senadora e futura vice-presidente Kamala Harris. E eu estou muito ansioso para votar na chapa Biden-Harris para começar o trabalho difícil de nos recuperar deste pesadelo de presidência e construir um futuro ainda melhor”. 

+++ LEIA MAIS: Howard Stern 'amaria' ver Trump tomar uma injeção do desinfetante Clorox 'para ver se funciona'; entenda

Já a atriz Mia Farrow compartilhou: “Joe Biden, Kamala Harris. Eles liderarão uma administração de pessoas experientes em quem podemos confiar para tomar as melhores decisões. Chega de mentirosos, vigaristas, simplórios, imbecis e bajuladores".

Mindy Kaling, atriz e roteirista, também se manifestou e postou: “Já houve um dia mais emocionante? Para todo nosso país, claro, mas especialmente para minhas irmãs negras e indianas, muitas de nós, que passaram a vida inteira pensando que uma pessoa parecida com nós talvez nunca ocupasse o alto cargo?”

+++ LEIA MAIS: Nova campanha de Trump copia clipe icônico de Bob Dylan

Além da popularidade entre os artistas norte-americanos, Kamala também chamou a atenção dos brasileiros por cobrar Jair Bolsonaro pelos incêndios na Amazônia, segundo informações do Uol

Em 2019, ela afirmou que o presidente brasileiro deveria responder pela devastação da floresta e até pediu para Donald Trump deixar de fazer negócios com o país.

"Presidente do Brasil, Bolsonaro precisa responder por essa devastação. A Amazônia é responsável por cerca de 20% do oxigênio do mundo e abriga mais de um milhão de indígenas. Qualquer destruição afeta a todos nós", escreveu Kamala

"Enquanto a Amazônia é incendiada, o trumpista presidente brasileiro, que deixa madeireiros e garimpeiros destruírem a terra, não toma nenhuma providência. Trump não deve firmar acordos comerciais com o Brasil até Bolsonaro reverter essa política catastrófica e lidar com os incêndios. Precisamos da liderança americana para salvar nosso planeta."


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS