Taylor Swift é acusada de plágio e muda logo do novo disco Folklore; entenda

Álbum foi lançado no dia 24 de julho deste ano

Redação Publicado em 31/07/2020, às 08h44

None
Taylor Swift (Foto: Getty Images / Dimitrios Kambouris / Equipe)

Folklore, disco mais recente da Taylor Swift lançado no dia 24 dia julho, se envolveu em polêmica pouco tempo depois de chegar ao mundo. A cantora foi acusada de plágio na logo do álbum pela artista Amira Rasool. Não muito tempo depois da denúncia, membros da equipe da artista informaram que o símbolo será mudado. A informação é do Uol.

Rasool públicou a acusação de plágio nas redes socias, e mostrou como o logo da loja online dela, The Folklore, era parecido com aquele usado no novo disco e produtos de Taylor Swift. "Espere um pouco. Taylor Swift, uma coisa é usar o nome 'Folklore', mas também estamos aqui roubando os logotipos das mulheres negras?", a artista criticou.

+++LEIA MAIS: Como Grey Daze, primeira banda de Chester Bennington, reviveu vocalista em Amends: "Ele tinha muito orgulho da música"

Além disso, Amira Rasool se dizia estar "compartilhando minha história para trazer luz à tendência de grandes empresas/celebridades que copiam o trabalho de pequenos empresários pertencentes a minorias".

Segundo o site People, um representante da Taylor Swift afirmou em um comunicado divulgado pelo Good Morning America que nenhuma mercadoria da cantora com a palavra "The" antes de "Folklore" será vendida ou produzida. "De boa fé, honramos o pedido dela [Amira Rasool] e notificamos imediatamente todos que encomendaram mercadorias com a palavra 'The' antes de 'Folklore album' agora receberão o pedido com a alteração do design", anunciou".

+++LEIA MAIS: Qual música dos Beatles John Lennon considerou 'a primeira gravação de heavy metal da história'

O posicionamento da cantora e da equipe dela agradaram Amira Rasool. Ela também agradeceu o apoio recebido nas redes sociais. "A equipe de Taylor Swift deu um ótimo primeiro passo removendo 'the' de todas as mercadorias. Estamos conversando com sua equipe sobre os próximos passos necessários para corrigir esta situação", afirmou.

A artista continuou o raciocínio: "Reconheço que ela tem sido uma forte defensora das mulheres que protegem seus direitos criativos, por isso foi bom ver sua equipe na mesma página".


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS