Val Kilmer não queria participar do Top Gun original, mas implorou para estar no reboot

Continuação do filme original tem estreia marcada para este ano

Redação Publicado em 24/04/2020, às 12h02

None
Val Kilmer em Top Gun: Ases Indomáveis (Foto: Reprodução/Paramount Pictures)

Top Gun: Ases Indomáveis marcou geração quando foi lançado em 1986. Um dos personagens mais memoráveis do longa foi Tom "Iceman" Kazanski, interpretado por Val Kilmer. No entanto, o ator não queria fazer parte do filme, mas implorou para estar no reboot, Top Gun: Maverick. Kilmer revelou essa história na autobiografia, intitulada I’m Your Huckleberry.

"Eu não queria o papel. Eu não ligava para o filme. A história não me interessava", revelou Val Kilmer. "Meu agente, que também representou Tom Cruise, basicamente me torturou para, pelo menos, conhecer Tony Scott dizendo que ele era um dos diretores mais quentes da cidade".

+++LEIA MAIS: Como foi a real luta entre Bruce Lee e um dublê - e foi bem diferente da mostrada em Era uma Vez Em Hollywood, com Brad Pitt

Até na audição para o papel Val Kilmer não se mostrou disposto. Ele tentou se auto-sabotar, "parecendo um bobo ou um tonto". Quando começou o teste, ele leu "as falas de modo indiferente e, surpreendentemente, me disseram que eu o papel era meu. Eu me senti mais desinflado do que inflado".

Anos e anos depois, uma continuação de Top Gun começou a ser desenvolvida. Mas o jogo virou, porque Val Kilmer praticamente implorou para atuar no filme. "Não sou muito orgulhoso para implorar".

+++LEIA MAIS: Kate Beckinsale revela que foi ‘psicologicamente torturada’ por Harvey Weinstein

Por fim, o ator falou sobre a reprise do papel. "Os produtores foram atrás. Cruise também. Ele não poderia ter sido mais legal... Tom e eu retomamos de onde paramos. A reunião foi ótima".


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL