Obama lamenta assassinato de Shinzo Abe, ex-premiê do Japão

Ex-primeiro-ministro japonês Shinzo Abe morreu aos 67 anos após ser baleado

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 08/07/2022, às 12h17

None
Barack Obama e Shinzo Abe (Foto: Chung Sung-Jun / Getty Images)

Barack Obama, ex-presidente dos Estados Unidos lamentou morte de Shinzo Abe, ex-primeiro-ministro japonês. Ele foi baleado em Nara, cidade no Japão enquanto fazia discurso de campanha eleitoral.

Em publicação nas redes sociais, Obama admitiu estar chocado com a situação - assim como os cidadãos do Japão, onde poucas mortes acontecem por armas de fogo. O ex-presidente lembrou boa relação entre Estados Unidos e o país asiático.

+++ LEIA MAIS: Barack Obama, narrador: ex-presidente norte-americano dubla documentário da Netflix

"Estou chocado e triste pelo assassinato do meu amigo e parceiro de longa data Shinzo Abe no Japão. Ex-primeiro-ministro Abe era devoto ao país que servia e à aliança entre os Estados Unidos e Japão. Sempre lembrarei de como ele trabalhou para fortalecer a nossa aliança, da experiência comovente de viajar à Hiroshima e Pearl Harbor juntos, e da graça demonstrada pela esposa, Akie Abe, e por ele a mim e Michelle," afirmou.

"Eu e Michelle enviamos nossas condolências profundas ao povo do Japão, que está em nossos pensamentos durante este momento doloroso," completou Obama.

+++ LEIA MAIS: Obama apresenta Jay-Z ao Hall da Fama do Rock: 'Um dos artistas mais renomados da história'

Suspeito foi preso com espingarda. Segundo o G1, polícia também encontrou explosivos na casa do homem.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Barack Obama (@barackobama)