Tempestade em Nova York e Nova Jersey deixa 9 mortos; governadores declaram estado de emergência

Furacão Ida é considerado um dos fenômenos climáticos mais extremos dos EUA nas últimas décadas: tempestade causa inundações e mortes

Redação Publicado em 02/09/2021, às 12h18

None
Inundação causada pela tempestade tropical Ida em Nova York (Foto: David Dee Delgado/Getty Images)

Os governadores dos estados de Nova York e Nova Jersey, nos Estados Unidos, declararam estado de emergência na quarta, 1º de setembro, após a tempestade tropical Ida deixar ao menos nove mortos.

Considerado um dos maiores eventos climáticos extremos dos EUA nas últimas décadas, o fenômeno desencadeia fortes chuvas que levam a inundações e enchentes. Os 9 mortos identificados nos estados de Nova York e Nova Jersey tinham de 2 a 86 anos, e não resistiram a força da água.

+++LEIA MAIS: Festival nos EUA, Bonnaroo é cancelado por causa de furacão Ida

Conforme publicado pela Folha de S. Paulo, o Serviço Meteorológico Nacional emitiu cinco alertas seguidos de inundação para todo o trecho do oeste da Filadélfia ao norte de Nova Jersey. Em Nova York, quase todas as linhas de metrô foram suspensas após a chuva inundar plataformas e trilhos.

Bill de Blasio, prefeito de Nova York, chamou as inundações e tempestades de “evento climático histórico”. Autoridades aconselham a população a não andar na rua, a pé ou de carro, e veículos não emergenciais são proibidos de transitar até as 5h do horário local.

+++LEIA MAIS: Homem faz bate-cabeça solitário durante furacão nos EUA; assista


Ida: de furacão a tempestade

Inicialmente, Ida chegou aos Estados Unidos categorizado enquanto furacão de categoria 4 em 29 de agosto, após ser intensificado no Golfo do México. O fenômeno entrou no país pela costa sul, no estado de Louisiana.

O furacão perdeu intensidade, rebaixado à categoria 2 no dia que chegou aos Estados Unidos — mas não deixa de ser devastador. O presidente dos EUA Joe Biden, inclusive, falou em “devastação imensa”.

+++LEIA MAIS: O dia que John Lennon viu um OVNI em Nova York [FLASHBACK]

Apesar do furacão Ida ser enfraquecido e se tornar uma tempestade tropical, o fenômeno desencadeia fortes chuvas que são a maior preocupação no momento. Ele transita pelos estados dos EUA, e já deixou bem mais de 1 milhão de pessoas sem energia no país.

Segundo a Folha de S. Paulo, na quarta, 1º de setembro, a Organização Meteorológica Mundial (OMM), das Nações Unidas, disse que o furacão Ida pode ser o desastre climático mais caro da história, e deve superar o destrutivo furacão Katrina, que há 16 anos deixou cerca de 1.800 mortos.


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!