Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Erasmo Carlos: 6 músicas famosas na voz de outros cantores, de Gal Costa a Roberto Carlos [LISTA]

Na música, Erasmo Carlos contribuiu com letras para diversos artistas, com destaque para parceria com Roberto Carlos

Redação Publicado em 22/11/2022, às 15h04

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Gal Costa (Foto: Scott Gries/Getty Images), Erasmo Carlos (Foto: Reprodução/Instagram) e Roberto Carlos (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)
Gal Costa (Foto: Scott Gries/Getty Images), Erasmo Carlos (Foto: Reprodução/Instagram) e Roberto Carlos (Foto: Chris Pizzello/Invision/AP)

Erasmo Carlos, um dos maiores nomes da música brasileira, morreu aos 81 anos nesta terça, 22, e deixou um grande legado na indústria. Além de escrever e cantar as próprias músicas, ele colaborou com diversos artistas e compôs canções que se tornaram sucessos com outros artistas e bandas. Veja abaixo:


"É proibido fumar" - Skank

Uma das principais músicas do cantor, composta em parceria com Roberto Carlos, "É proibido fumar" ficou bastante popular com uma versão cantada por Skank, banda liderada por Samuel Rosa. No YouTube, um vídeo do grupo cantando a canção ao vivo, no Mineirão, conta com mais de 1 milhão de visualizações.

+++LEIA MAIS: Florence Pugh, a Yelena Belova da Marvel, dança ao som de Erasmo Carlos; assista


"Além Do Horizonte" - Jota Quest

Com quase 5 milhões de visualizações, a versão e o clipe de "Além Do Horizonte" foi um grande marco na carreira do Jota Quest. Assim como "É proibido fumar," a música em questão foi composta por Erasmo e Roberto Carlos.


"É preciso saber viver" - Titãs

Na carreira de Erasmo Carlos, "É preciso saber viver" é uma canção que dispensa apresentações. Com uma letra motivacional, o trabalho é um dos trabalhos mais memoráveis dele, também composto com Roberto Carlos. Porém, uma versão feita pelos Titãs, na voz de Paulo Miklos, conquistou multidões e mais de 22 milhões de visualizações no YouTube.

+++LEIA MAIS: Titãs, com formação original, anunciam shows em 2023; veja datas


"Meu Nome é Gal" - Gal Costa

Erasmo Carlos compôs "Meu Nome é Gal," um dos maiores clássicos de Gal Costa, quem faleceu há poucas semanas, em 9 de novembro de 2022. Durante entrevista no programa de TV Conversa com Bial, da TV Globo, Tremendão relembrou o pedido para compor a canção de Costa, enquanto sofria preconceitos sociais após ir para São Paulo - e usou a música como uma forma de "desabafo," como um escape.

"Surgiu o pedido de uma música para Gal e eu encaixei essas manifestações e reclamações que eu tinha, que eu queria desabafar. Então, eu desabafei tudo em 'Meu Nome é Gal.' Não precisa sobrenome / pois o amor que faz o homem," afirmou Erasmo Carlos.

+++LEIA MAIS: Caetano Veloso chora ao lembrar de Gal Costa durante show


"Vem quente que eu estou fervendo" - Barão Vermelho

"Vem quente que eu estou fervendo" é um dos principais hits na voz de Erasmo Carlos, mas também ganhou bastante notoriedade com Barão Vermelho, já com Frejat nos vocais da banda que ficou conhecida por ter Cazuza como líder.


"Emoções" - Roberto Carlos

É praticamente impossível algum brasileiro nunca ter ouvido a seguinte frase: "Quando eu estou aqui / Eu vivo esse momento lindo," um dos versos de "Emoções," eternizada na voz de Roberto Carlos, com quem Erasmo fez uma linda parceria profissional durante anos.

+++LEIA MAIS: Roberto Carlos: Livro relata como cantor perdeu a perna

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!