Beyoncé e Jay-Z não levantaram em hino dos EUA por protesto político? Rapper responde

O casal foi criticado por não levantar durante a solenidade, realizada por Demi Lovato no Super Bowl

Redação Publicado em 05/02/2020, às 19h50 - Atualizado às 20h37

None
Jay-Z e Beyoncé na estreia de O Rei Leão em Londres (Foto:Joel C Ryan/Invision/AP)

Durante o Super Bowl no último domingo, 2, Jay-Z e Beyoncé ficaram sentados na execução do Hino Nacional dos Estados Unidos, realizada por Demi Lovato. Após críticas de internautas, o rapper resolveu explicar o motivo da atitude na última terça 4, em uma palestra dada na Universidade Columbia: "Não foi protesto".

+++LEIA MAIS: Jay-Z e Beyoncé são criticados por ficarem sentados durante hino dos EUA no Super Bowl

Segundo Jay-Z o motivo dele e Beyoncé terem ficado sentados durante o Hino foi por estarem atentos à performance de Demi Lovato, A justificativa é explicada também pelo fato do músico ter sido o responsável por fazer o convite à cantora para abrir a solenidade. Jay-Z é dono da gravadora Roc Nation, parceira da NFL(liga responsável pelo evento).

Na palestra, o músico explicou a situação e se desculpou: "Não, não foi protesto. Desculpe, eu diria se fosse, penso que as pessoas sabem disso sobre mim. O que aconteceu foi que chegamos lá, sentamos e o show estava prestes a começar. Minha esposa estava comigo e disse, 'Eu conheço o sentimento de estar ali'. Ela estava super nervosa porque ela já se apresentou no Super Bowl antes. Eu não".

+++LEIA MAIS: Jay-Z comemora 50 anos colocando todas as músicas dele no Spotify

O rapper continuou: "Então quando chegamos lá, entramos no modo artista... Estava realmente olhando o show. O microfone funcionou? Começou devagar? Tenho que explicar isso a eles [equipe técnica] como um artista, se você não sente a música, você não alcança o nível", contou Jay-Z.

Além disso, Jay-Z falou sobre as escolhas dos artistas para a premiação - cuja seleção feita por ele teve, sim, um caráter de manifestação: "Não precisei fazer um protesto silencioso... é só olhar os artistas que escolhemos para o palco, colombiana [Shakira] e porto-riquenha [Jennifer Lopez], fizemos a maior manifestação possível [...] Dado o contexto, não precisei fazer um protesto silencioso". 

+++ LEIA MAIS: De onde é Jennifer Lopez? Qual é a idade da Shakira? As principais buscas durante o Super Bowl


 +++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL