Black Sabbath tinha ‘quinto integrante’ do além: ‘Coisas estranhas aconteciam’

Tony Iommi contou sobre o sentimento de que um guia espiritual acompanhava a banda

Redação Publicado em 24/12/2020, às 13h30

None
Black Sabbath (Foto: Reprodução / Instagram)

Black Sabbath sempre foi relacionado ao satanismo, fosse pelo som pesado da banda ou o visual sombrio dos integrantes, apesar de nenhum dos músicos realmente ser adepto a Satã . Mesmo assim, o grupo teve experiências estranhas e Tony Iommi, guitarrista e fundador do grupo, contou sobre um “quinto integrante” do grupo.

“Sempre sentimos dentro da banda que havia um quinto membro”, explicou Iommi em entrevista à revista Mojo (via Ultimate Classic Rock). “Parece ridículo agora, mas sempre sentimos que havia alguém nos protegendo e nos guiando. Sentimos essa presença quando estávamos todos juntos. Chamávamos de quinto integrante... Éramos tão próximos enquanto banda, que nos tornamos um. Este quinto membro parecia muito real e presente para nós”.

+++ LEIA MAIS: Padres católicos me davam mais medo que o Diabo, diz Geezer Butler

Além do sentimento compartilhado, o Black Sabbath passou por algumas situações curiosas nos tempos de banda. Um exemplo do guitarrista foi quando, durante uma viagem de van, um dos integrantes apontou uma loja do lado de fora. Logo em seguida, a eletricidade do estabelecimento caiu. Segundo Iommi, “sempre aconteciam coisas estranhas” ao grupo.

No começo da carreira, a banda foi alvo de uma maldição satanisma porque se recusou a tocar durante um ritual - e começaram a usar crucifixos depois do incidente. Relembre a história aqui


+++ CYNTHIA LUZ: 'A GENTE PRECISA OUVIR A VOZ DAS PESSOAS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes