Pulse

Diretor de Exterminador do Futuro admite que a franquia foi manchada pelos últimos filmes

"Alguns deles tiveram elementos interessantes, mas acho que (...) era uma coisa diferente", revelou Tim Miller

Redação Publicado em 18/09/2019, às 11h29

None
O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (Foto: Reprodução)

Dirigido por Tim Miller (Deadpool), o novo Exterminador do Futuro estreia nos cinemas brasileiros no dia 31 de outubro, com a árdua tarefa de retomar o prestígio da franquia estrelada por Arnold Schwarzenegger, que acabou sendo prejudicada pelos três últimos filmes.

Durante uma entrevista para a Total Film, Miller especulou onde as parcelas anteriores podem ter dado errado. "Acredito que a franquia esteja um pouco manchada", explicou. "Não quero falar mal de nenhum dos filmes anteriores. Alguns deles tiveram elementos interessantes, mas acho que eles apenas se passavam no universo do Exterminador do Futuro – era uma coisa diferente.”

+++ Leia mais: Guns N' Roses deve estar em trilha de novo Exterminador do Futuro

Por isso, o sexto filme da franquia de ficção científica faz referência aos dois filmes originais dirigidos e co-escritos por James Cameron, O Exterminador do Futuro (1984) e O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final (1991), e imagina como seria se Sarah (Linda Hamilton) e sua família tivessem vencido em 1995.

O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio foi produzido por Cameron, que retorna à franquia pela primeira vez desde O Julgamento Final.

Assista ao trailer abaixo: