Empresa processa Disney por plágio em Toy Story 4; entenda

Propriedade de Evel Knievel processa Disney e Pixar por Duke Caboom

Redação Publicado em 23/09/2020, às 15h33

None
Duke Caboom em Toy Story 4 (Foto: Reprodução/Divulgação/Disney)

Uma empresa chamada K&K Promotionsestá processando a Disney por plágio. De acordo com a ação, a Pixar usou a imagem de Evel Knievel no brinquedo Duke Caboom em Toy Story 4, sem a autorização devida. As informações são do TMZ

+++ LEIA MAIS: Disney exclui cena de Toy Story 2 que fazia piada com assédio sexual

A K&K afirma que detém todos os direitos sobre a imagem, persona e marca de Evel Knievel e garante que a Disney não teve aprovação para o uso da imagem do dublê e artista no brinquedo do filme. 

De acordo com os documentos, via TMZ, o estilo, a influência e semelhanças de Evel estão espalhados por toda a produção. O próprio Duke, dublado por Keanu Reeves, é considerado o maior dublê canadense da história, e ele ainda vem com uma motocicleta parecida com a de Evel.

+++ LEIA MAIS: Toy Story 4 ensina os adultos mais uma vez: amizades também esfriam - e tudo bem [ANÁLISE]

A empresa garante que a Disney pediu ao elenco e equipe de Toy Story para evitar usar o nome de Evel durante as entrevistas, e usou o exemplo de Tony Hale que parecia ser muito cauteloso ao responder às questões sobre o filme. 

Ainda, a empresa ressalta o uso da mercadoria e o retorno acerca disso. A K&K diz que a Disney produziu uma tonelada de produtos de Toy Story 4, incluindo Duke Caboom, e ganhou muito dinheiro com os brinquedos.

+++LEIA MAIS: Brinquedos de Toy Story envelhecem? Eles morrem? Diretor, enfim, dá a resposta

Veja:

Foto: Reprodução/TMZ

+++ MANU GAVASSI: 'SE A MÚSICA SÓ FOR UMA FÓRMULA, É VAZIA E NÃO EMOCIONA' | ENTREVISTA ROLLING STONE