Eterno Hulk, Lou Ferrigno ficou decepcionado com Vingadores: Ultimato - e culpa Mark Ruffalo e Disney

"Grande parte do atrativo do personagem se perdeu", lamenta o astro em entrevista no painel da Comic Con do Canadá

Redação Publicado em 18/11/2019, às 11h13

None
Lou Ferrigno em O Incrível Hulk (1977)

Lou Ferrigno, astro de O Incrível Hulk, ao fazer uma aparição em um painel da Comic Con no Canadá culpou o ator Mark Ruffalo e a Disney por apresentar um retrato "decepcionante" do personagem em Vingadores: Ultimato

A forma combinada de Hulk inspirada na encarnação de "Professor Hulk" nos clássicos quadrinhos da Marvel, posteriormente apareceu mais refinada e mais humano. O que fez com que o personagem que aparece em Ultimato "perdesse a beleza" da série de 1978, em que Bill Bixby estrelou, segundo Ferrigno.

+++ LEIA MAIS: Cena engraçada de Hulk em Vingadores: Ultimato foi improvisada

"Em Vingadores: Ultimato, eu fiquei realmente decepcionado. Porque o Hulk precisa ser horrível. Ele precisa ser, literalmente, uma criatura. O que você vê em Ultimato é basicamente só o Mark Ruffalo – e eu acho que isso tem muito a ver com ele e a Disney."

"Mas eu não gostei da maneira como o Hulk foi caracterizado. Grande parte do atrativo do personagem se perdeu… É muito diferente, principalmente o CGI. Você não vê mais o Hulk gritando e perdendo a cabeça. Nesse filme, ele basicamente está só conversando. Acho que isso estragou o personagem."

Ferrigno também afirmou que Ruffalo é um "ator maravilhoso", mas admitiu que não concorda com a 'virada' do personagem.

+++ LEIA MAIS: Marvel quer Hugh Jackman de volta como Wolverine para filme com Hulk

"Mark é um ator maravilhoso. Mas tivemos três atores diferentes: Eric Bana, Edward Norton e Mark Ruffalo. Gosto mais de Bill Bixby, gosto de Edward Norton. Mas Ruffalo - eu acho que ele é um ator maravilhoso, ele combina com o aspecto Marvel dos Vingadores -, mas eu não consigo levá-lo a sério."

Além disso, Ferrigno também comentou sobre como foi fazer a dublagem do personagem. O astro dublou o Hulk em O Incrível Hulke Os Vingadores, dirigido por Edward Norton, da Marvel Studios.

"Fazer dublagem é muito difícil, porque quando você está fazendo um trabalho de voz, não posso fazer uma cena com [o ator], tenho que improvisar. Então, quando eu fiz a voz do filme, eles me colocaram em um quarto escuro."

"Eu não consegui falar por dois dias depois, porque [a voz] vem de dentro do peito, o forte berro quando o Hulk ruge. É um desafio, é trabalhoso. Mas eu gritei e conversei como o Hulk pensa e sente. E agora neste novo filme, o Hulk está tendo diálogos que basicamente estragaram tudo."

+++ LEIA MAIS: Gracyanne Barbosa entra na brincadeira e ‘adoraria’ ser She-Hulk na série da Disney+

A primeira aparição de Ruffalo no Universo Cinematográfico da Marvel foi em Vingadores: Era de Ultron, totalmente interpretato pelo ator.