Jim Hutton revela por que recusou as primeiras "investidas" de Freddie Mercury; entenda

O cabeleireiro e o cantor namoraram por cerca de seis anos, até o fim da vida do astro do rock

Redação Publicado em 19/12/2019, às 08h27

None
Freddie Mercury (Foto: Gill Allen / Associated Press)

Freddie MercuryJim Hutton namoraram por cerca de seis anos e, apesar de não terem se casado por motivos legais, os dois usavam alianças de casamento e moraram juntos na mansão do artista, Garden Lodge, até os últimos dias de vida do cantor, em 1991.

Em entrevista ao programa The Big Breakfast, o ex-namorado do vocalista do Queen revelou detalhes do momento em que conheceu o astro do rock e explicou que, apesar da fama de Mercury, conhecia muito pouco sobre ele e por isso recusou as primeiras "investidas" do artista.

+++ LEIA MAIS: Freddie Mercury conheceu namorado com pergunta indiscreta em bar gay

"Nós nos conhecemos em um clube. Ele me ofereceu uma bebida e eu disse para ele não começar [...] Ele era um totalmente, absolutamente estranho [para mim]."

Após este primeiro contato, Hutton contou que encontrou Mercury por acaso diversas vezes. Ele disse: "Alguns meses depois disso, eu estava em um restaurante e um amigo que estava comigo mencionou: 'Adivinha quem está atrás de você?' [Era] Freddie Mercury de novo", contou Hutton.

O ex-namorado do astro do rock relembrou que, pouco tempo depois, encontrou novamente o vocalista do Queen, desta vez em um clube.

+++ LEIA MAIS: Ex-namorado de Freddie Mercury revela qual foi a reação dele ao descobrir a doença do cantor

"Eu não vi Freddie Mercury de novo por 18 meses e, então, encontro ele em um clube [...] Era isso. A mesma rotina de novo: 'Deixa eu te comprar uma bebida", disse Hutton.

Com o tempo, os encontros por acaso se tornaram encontros marcados e, depois de um ano de idas e vindas, Mercury convidou Hutton para morar com ele. Contudo, apesar de viver na luxuosa mansão com o vocalista do Queen, Hutton disse que manteve a mesma rotina e independência que tinha antes de conhecê-lo.

"Eu continuei meu trabalho como cabeleireiro. Eu apenas continuei com minha vida de todos os dias".

Ele também falou que o trabalho foi uma distração para ele quando Mercury atingiu os estágios finais da Aids.

"Eu continuei meu trabalho normalmente para me manter ocupado. Eu não queria enlouquecer por pensar nisso o tempo todo", contou Hutton.


+++ FRANCISCO EL HOMBRE SOBRE RASGACABEZA: 'É UM DISCO INDIGESTO, TOCA EM PONTOS DOLORIDOS E ÍNTIMOS'