New York Dolls toca 'Looking For a Kiss' em um de seus últimos shows [FLASHBACK]

A morte do guitarrista dos Dolls, Sylvain Sylvain, fez desse bloco de apresentações em 2011 a despedida da banda

Andy Greene | Rolling Stone EUA. Tradução: Marina Sakai | @marinasakai_ sob supervisão de Yolanda Reis Publicado em 05/02/2021, às 19h36

None
Sylvain Sylvain, do New York Dolls (Foto: Getty Images /Kristian Dowling)

O guitarrista Sylvain Sylvain, da banda New York Dolls, faleceu após longa batalha contra o câncer. “Lembro-me dele vindo para ensaiar pela primeira vez com sua bolsa de viagem e guitarra, direto do avião logo depois de ser deportado de Amsterdã,” escreveu o vocalista dos New York Dolls, David Johansen, depois da notícia. “Apaixonei-me por ele instantaneamente. Sentirei saudades, amigo. Manterei os fogos queimando.”

A morte de Sylvain é a mais recente em uma longa lista de tragédias sofridas pela banda ao longo das cinco últimas décadas, desde 1972, quando o baterista original Billy Murcia, morreu asfixiado durante turnê na Europa, antes mesmo de gravar o primeiro disco. Foi substituído por Jerry Nolan, mas a banda — da qual também participavam o guitarrista Johnny Thunders e o baixista Arthur “Killer” Kane — nunca aumentou seu público além de um culto dedicado apesar de ter gravado um dos melhores LPs de estreia da história do rock.

+++LEIA MAIS: De Prince a Lady Gaga: 6 shows icônicos do Super Bowl

A separação ocorreu em 1976 depois de gravarem mais um disco, Too Much Too Soon em 1974. Thunders morreu de overdose em abril de 1991 e Nolan morreu de um derrame em janeiro de 1992.

Morrissey, superfã de Dolls, fez um show de reencontro dos integrantes restantes quando foi curador do London’s Meltdown em 2004. Semanas depois do show triunfante, Kane morreu inesperadamente de leucemia. O período ganhou um documentário homônimo à banda, New York Doll.

Sylvain e Johansen mantiveram os Dolls na estrada depois da tragédia e lançaram seu LP de retorno Cause I Sez So  (2009) e o seguinte Dancing Backwards in High Heels (2011). Como o trabalho deles dos anos 1970, os dois discos foram melhor com críticos de rock comparados ao público geral, mas deram impulso suficiente à banda para continuar na estrada.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

No verão de 2011, abriram para Mötley Crüe e Poison, dois grupos altamente influenciados pelos Dolls. Tocaram no Double Door de Chicago durante um dia de folga da turnê de anfiteatros em 27 de julho de 2011. Assista ao vídeo do clássico de 1973 “Looking For a Kiss” naquela noite. Como é possível observar, continuavam sendo uma banda ao vivo muito boa até o fim. 

Em outubro de 2011, abriram o show de Alice Cooper em uma série de apresentações da Halloween Night of Fear ao redor do Reino Unido. As duas atrações começaram a fazer música no mesmo período e tinham estética e som muito parecidos, mas Cooper era infinitamente melhor sucedida em encontrar um público maciço e mantê-lo - por isso, eram a atração principal.

+++LEIA MAIS: Brian May encontra fita rara de um dos primeiros shows do Queen

Sem anúncio formal, os New York Dolls silenciosamente se separaram após a turnê. Com a morte de Sylvain, qualquer reunião seria impossível. Se o Hall da Fama do Rock finalmente os colocar lá, David Johansen estará no pódio sozinho.

Uma indução teria significado muito para Sylvain, mas, pelo menos pôde reexperienciar a emoção de fazer parte dos New York Dolls nos últimos anos da vida. A maior parte dos companheiros de banda não tiveram a mesma sorte.

+++ PAI EM DOBRO | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL